sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Invasão Zumbi

título original: Busanhaeng (Train to Busan)
gênero: Terror, Ação
duração: 1h 58 min
ano de lançamento: 2016
direção: Sang-ho Yeon
roteiro: Sang-ho Yeon
fotografia: Hyung-deok Lee

Sok-woo embarca no trem que faz o trajeto Seoul-Busan para levar sua filha ao encontro da mãe. Mas, logo no começo da viagem o trem é invadido por zumbis que passam a atacar os passageiros de tripulação. As cidades que ficam no trajeto também estão contaminadas e, enquanto a viagem ocorre, os sobreviventes precisam lutar por suas vidas.
Eu não gosto de nada que envolva zumbis, também não sou muito fã de filmes orientais. Mas como estou com uma amiga que mora longe visitando e ela insistiu muito, decidi dar uma chance. Lógico que os fatores de ser coreano (tive uma boa experiência com o único filme que vi do país : "Oldboy") e ter sido muito bem recebido em Cannes também ajudaram.
O roteiro não tem nada de profundo, basicamente são quase duas horas de seres humanos comuns tentando sobreviver a um ataque zumbi. Ainda assim a personalidade dos personagens, por mais comuns que sejam, conseguem ganhar a empatia e a identificação do público.
Outro ponto da história que acho válido perceber é que não se trata de um filme de "susto" - não que não tenham seus momentos - mas trabalha muito mais aspectos de filmes de ação. A trama te deixa agitado do começo ao fim, nenhum minuto de sossego é dado, é susto atrás de susto, nervoso atrás de nervoso. Além disso o roteiro ainda consegue trabalhar muito bem alguns momentos dramáticos extremamente emotivos.
Quanto aos zumbis, por mais que não tenha muito conhecimento na área, nunca vi transformações impactantes como essas, tão pouco mortos-vivos tão ágeis. Atenção às cenas em que eles aparecem em multidões - são de arrepiar.
Os efeitos especiais são bons, uma ou outra cena rápida percebe-se o cromaqui ao fundo, mas nada que prejudique. O que chamou mais minha atenção é uma cena quase ao final envolvendo um trem - quem assistir saberá do que estou falando - não dá pra identificar efeitos visuais e se aquilo foi ensaiado é de cair o queixo.
Enfim, não entrou pra minha lista de favoritos porque continua sendo um gênero que não me atrai muito, mas tive a certeza que meu coração está muito saudável e que poderia praticar o esporte de pular poltronas no susto. Fui assistir na última sessão da noite e tive que tomar chá de camomila ao chegar em casa para conseguir dormir, portanto, propósito atingido.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.