quarta-feira, 11 de maio de 2016

Jesus Cristo SuperStar

título original: Jesus Christ Superstar
gênero: Musical
duração: 1h 48 min
ano de lançamento: 1973
estúdio: Universal Pictures
direção: Norman Jewison
roteiro:  Melvyn Bragg, Norman Jewison, Tim Rice
fotografia: Douglas Slocombe
direção de arte: Richard Macdonald

Os últimos sete dias de vida de Jesus Cristo contatos através de um musical que intercala o ponto de vista do próprio com o de Judas.
Confesso que achei a narrativa bem cansativa e as músicas (tirando a principal) não me pegaram muito. Mesmo para mim, louca dos musicais, o fato de não ter um único diálogo acabou deixando o filme arrastado.
Mesmo assim ainda vale a pena ver. Os figurinos misturando elementos dos anos 70 com acessórios da época, a direção e a fotografia são bem interessantes.
As coreografias, então, são um ponto a parte. Aqui se vê latente o "Flower Power" e a Era de Aquário. Destaque para a cena de Simão, coreografia mais bonita na minha opinião, a cena de Herodes (seria uma homenagem ou sátira aos musicais tradicionais?) e a última cena com Judas, onde a música tema surge com toda a força em uma produção e dança a altura.

O que acho mais coerente dessa união dos anos 70 com a história de Cristo é que, ele realmente foi um bicho grilo. E ao mesmo tempo que cabe na história é engraçado ver os apóstolos transformados em hippies e a Santa Ceia virando um piquenique.
Com certeza um clássico, talvez esperasse um pouco mais, mas valeu a pena assistir.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb


Nenhum comentário:

Postar um comentário