sexta-feira, 1 de março de 2013

Amor

título original: Amour
gênero: Drama
duração: 127 min
ano de lançamento: 2012
estúdio: Les Films du Losange
direção: Michael Haneke
roteiro: Michael Haneke
fotografia: Darius Khondji
direção de arte: Jean-Vincent Puzos

Um casal de idosos, Anne e George, estão tendo de lidar com a dolorosa proximidade da morte, principalmente depois que ela sofre uma isquemia.
Esse filme mostra a maior prova de amor que já vi na vida! Esse roteiro mostra o além do "felizes para sempre", o verdadeiro caminho a ser trilhado por duas pessoas que resolvem passar o resto de suas vidas juntos. Cumplicidade, parceria, carinho e, principalmente, cuidado um com o outro.
E o mais interessante é que aqui vemos o contrário do que se vê normalmente, o amor devoto do homem e não da mulher.
A direção do filme é feito de modo lento e com grandes intervalos entre as conversas e ações, dando uma pausa silenciosa que fortalece ainda mais o sentimento da cena e o drama do enredo.
Emmanuelle Riva dá um show em um papel que deve ter sido difícil de encarar por tratar de uma fase da vida na qual se encontra. Agora que a vi, faz menos sentido ainda Jennifer Lawrence ter levado o Oscar de Melhor Atriz.
O que mais ouvi falar é que era um filme pesado e que te deixaria numa bad quando acabasse de assistir, além de levar a uma desidratação de tanto chorar. Tudo verdade, mas é tão lindo em toda a sua tristeza!
Me segurei bastante durante todo o filme, mas tiveram duas cenas que me derrubaram: o momento que George tenta dar água a Anne, e o grande clímax, claro.
Ainda não vi "Argo", mas acho que Amour poderia muito bem ter levado Melhor Filme.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

2 comentários: