domingo, 8 de agosto de 2010

A Origem

  • título original:Inception
  • gênero:Ficção Científica
  • duração:02 hs 28 min
  • ano de lançamento:2010
  • estúdio:Warner Bros. Pictures e Legendary Pictures
  • distribuidora:Warner Bros.
  • direção: Christopher Nolan
  • roteiro:Christopher Nolan
  • produção:Christopher Nolan e Emma Thomas
  • música:Hans Zimmer
  • fotografia:Wally Pfister
  • direção de arte:Frank Walsh (supervisor)
  • figurino:Jeffrey Kurland
  • edição:Lee Smith
Cobb e sua equipe tem como trabalho entrar no subconsciente das pessoas e roubar informações importantes de lá, por causa do trabalho ele foi afastado de sua família e para poder voltar a ela se arrisca a fazer um trabalho muito perigoso e o inverso do que costumava fazer - a inserção de idéias no subconsciente de alguém.
Eu assisti esse filme ontem, cheguei em casa passava das 2 da madrugada e tive que me conter para já não vir aqui de cara fazer a resenha. De verdade eu ainda estou em estado de êxtase e ao mesmo tempo estranhamento. Não vou ficar dando detalhes se não o filme perde sua maestria. Mas gostaria muito que algum psicólogo ou psiquiatra que assistiu o filme me desse sua opinião, afinal se para uma pessoa leiga como eu ter ficado nesse estado de encantamento, fico imaginando como não deve ser para uma pessoa que estudou a mente humana, deve fazer muito mais sentido, ou não.
Altamente viajante, nos primeiros 15 minutos eu não sabia o que era o real e o que era sonho, e quando percebi saí do filme ainda com uma pulga atrás da orelha e duvidando muito que conseguiria dormir quando chegasse em casa.
Esse filme me serviu para constatar duas coisas: Leonardo DiCaprio melhorou muito como ator depois que deixou de ser galã, e Joseph Gordon-Levitt evoluiu muito desde "10 coisas que odeio em você".
Ah! E um comentário talvez tolo, mas que achei engraçado no momento, logo no começo quando Marion Cotillard entra no sonho e atrapalha os planos eles colocam "No, je ne regrette rien" da Edith Piaf para tocar na cabeça dos personagens principais, irônico não?
Vi algumas pessoas dizendo que o filme é mais um blockbuster, eu não concordo e acho que assim com "Matrix" será um filme que conseguirá atingir uma alta arrecadação e mesmo assim entrar para os clássicos do cinema.
Não percam por nada na vida.

CLASSIFICAÇÃO: MARAVILHOSO

Poster e Ficha técnica: IMDb


3 comentários:

  1. Um raro exemplar de originalidade, é o filme do ano Natália, vc não foi a unica a sair da sala de cinema fascinada. Bem vinda ao clube, é um potencial clássico!! Concorda?

    ResponderExcluir
  2. Eu acredito que pode entrar para os clássicos sim sem dúvida! tem amigos meus que acham que não... mas ñ acredito que entrará num nível Cidadão Kane, mas mais próximo de Matrix

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida nenhuma é um dos meus filmes favoritos...e ainda garanto que a cada vez que você assiste mais você descobre coisas no filme e também muda de opnião, o diretor soube mexer com a imaginação do espectador.

    ResponderExcluir