segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Se beber, não case

  • título original:The Hangover
  • gênero:Comédia
  • duração:01 hs 40 min
  • ano de lançamento:2009
  • estúdio:Warner Bros. Pictures / Green Hat Films / Legendary Pictures / IFP Westcoast
  • distribuidora:Warner Bros. Pictures
  • direção: Todd Phillips
  • roteiro:Jon Lucas e Scott Moore
  • produção:Daniel Goldberg e Todd Phillips
  • música:Christophe Beck
  • fotografia:Lawrence Sher
  • direção de arte:Andrew Max Cahn e A. Todd Holland
  • figurino:Louise Mingenbach
  • edição:Debra Neil-Fisher
Um rapaz prestes a se casar é levado pelos amigos para ter sua despedida de solteiro em Las Vegas. No dia seguinte, sem memória alguma eles encontram um tigre no banheiro, um bebê no armário, um deles sem um dente e o noivo sumiu. Mas como isso tudo aconteceu? É essa a saga do filme, tentar descobrir pelo que passaram em uma das noites mais loucas de suas vidas. Falando assim parece mais um besteirol americano; confesso que estava com um pé atrás de vê-lo, não morri de rir, mas terminei de assistir com uma sensação de dever cumprido - tanto meu de ter assistido, quanto deles de terem feito uma comédia interessante.
Uma coisa que adoro em filmes, séries, teatros, enfim em tudo que vejo, são referências, lógico que principalmente quando eu as entendo. A única cena que me fez gargalhar foi exatamente uma paródia feita ao comercial da Cadburys Dairy Milk, onde um gorila toca uma bateria ao som de Phil Collins, na primeira cena de Myke Tyson no filme, simplesmente sensacional. Outra referência acontece quase no final do filme quando, no cassino, os amigos dão um golpe para conseguirem dinheiro e números rodam em volta da cabeça do cunhado do noivo, relacionado ao filme "Quebrando a banca".
O que era para ser uma decepção virou uma surpresa para mim.

Classificação: ÓTIMO

Poster e ficha técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.