quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Tempo de Recomeçar

título original: Life as a House
gênero: Drama
duração: 02h 05 min
ano de lançamento: 2001
estúdio: Winkler Films
direção: Irwin Winkler
roteiro: Mark Andrus
fotografia: 
Vilmos Zsigmond
direção de arte: J. Dennis Washington

George é um arquiteto que, após ser demitido, descobre estar com câncer e ter pouco tempo de vida. Resolve então se reaproximar de Sam, seu filho rebelde, e fazer as pazes com Robin, sua ex-esposa.
O roteiro é muito lugar comum, quantos filmes já não vimos em que o personagem principal descobre estar para morrer e assim decide aproveitar a vida, se reconciliar com as pessoas, enfim, se tornar uma pessoa melhor enquanto tem tempo? Não que seja ruim, é motivacional e o público costuma se sensibilizar com esse tipo de história, mas já sabemos sempre como irá terminar.
Kevin Kline e Kristin Scott Thomas são o ponto alto do elenco, ambos muito talentosos, trazem um pouco mais de vida à história. Jena Malone faz uma lolita caricata que não me agrada muito.
Agora, o problema mesmo é Hayden Christensen. Quem ainda insiste em dar papéis para esse garoto? Qualquer pessoa é capaz de atuar melhor do que ele.
O filme, no todo, pode ser uma boa opção para ocupar o tempo ou deixar a TV ligada enquanto faz outras coisas, mas não é uma produção que mereça tanta atenção.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário