quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Rio Vermelho

título original: Red River
gênero: Faroeste
duração: 133 min 
ano de lançamento: 1948
estúdio:  Charles K. Feldman Group
direção: Howard HawksArthur Rosson
roteiro: Borden ChaseCharles Schnee
fotografia: Russell Harlan

Ao ir em busca de novas oportunidades, Tom Dunson acaba parando no Texas e, ao apropriar-se de um pedaço de terra, se torna um dos maiores produtores de gado. Quando o preço despenca, ele resolve levar toda sua criação ao Missouri para vender, arriscando tudo, inclusive sua sanidade.
É interessante ver como a tensão dos sets entre John Wayne e Montgomery Clift foi muito bem incorporada ao relacionamento conturbado de seus personagens. (Wayne não aceitava a sexualidade de Clift)
A fotografia é incrível. Queria muito entender como fizeram as tomadas externas do gado, principalmente e sequência do estouro da boiada.

Porém, o roteiro não me conquistou completamente. Chegou um ponto em que fui perdendo o interesse, a possibilidade de tragédia entre os dois personagens principais não me convencia e o papel de Wayne - pela primeira vez, mesmo sempre fazendo machões - não conquistou minha simpatia.
Vale ver por se rum clássico, mas não virou um dos meus faroestes favoritos.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.