terça-feira, 11 de agosto de 2015

Budapeste

gênero: Drama, Romance
duração: 113 min 
ano de lançamento: 2009
estúdio:   Nexus Cinema e Vídeo
direção: Walter Carvalho
roteiro:  Rita BuzzarChico Buarque de Hollanda
fotografia: Lula Carvalho
direção de arte: Marcos Flaksman

José Costa é ghost-writer que se vê obrigado a fazer escala em Budapeste na volta de um Congresso. Ele acaba conhecendo Kriska que o ensina húngaro e se divide entre esse novo amor e sua vida no Rio de Janeiro com sua esposa.
Quero deixar bem claro antes de falar coisa sobre o filme que o livro no qual ele é baseado é um dos meus favoritos e já estou cansada de saber que eles nunca ficam à altura da obra original.
O filme, assim como no livro, não tem uma linha contínua de raciocínio; mas enquanto no segundo não atrapalha o entendimento, no primeiro não foi utilizado de uma maneira boa. Para ficar mais claro, para mim - que li o livro - não foi fácil de entender a ordem das coisas.
Outro ponto é que em alguns momentos há cortes secos que passam a sensação de que foram inseridas na hora errada.
Por fim, o livro é bastante sensual, mas o filme pecou no uso de nudez. Assim como a grande maioria das produções nacionais abusa da sexualização e exibição de corpos nus, em alguns momentos desnecessários.
Os pontos fortes ficariam para a fotografia, que é linda, tendo como pano de fundo lugares incríveis de Budapeste; e a aparição surpresa de Chico Buarque.


CLASSIFICAÇÃO: RUIM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.