quarta-feira, 2 de maio de 2012

50%

título original: 50/50 
gênero: Drama
duração: 100 min 
ano de lançamento: 2011
estúdio: Summit Entertainment
direção: Jonathan Levine
roteiro: Will Reiser 
fotografia: Terry Stacey 
direção de arte: Annie Spitz

Adam é um jovem que sempre cuidou muito bem de sua saúde e que tem um comportamento exemplar. Certo dia ele descobre que tem um câncer com 50% de chances de cura. Ele conta com o apoio de um amigo politicamente incorreto e de uma psicóloga em começo de carreira para viver essa fase, mesmo não tendo a certeza que passará dela.
Achei que seria só mais um filme sobre essa doença devastadora, que não teria nenhum elemento inovador e a presença de Seth Rogen no elenco não me animou muito. Porém, após um começo enfadonho, me surpreendi com o desenvolver da história.
Não é só um filme sobre câncer, mas sobre a descoberta da vida, das regras que seguimos e como lidamos com tudo em um momento de desespero. Adam é um rapaz extremamente correto e quando se descobre doente começa a ter atitudes que antes não tinha por medo de morrer, e isso é ótimo.
O final, que me parecia ser batido, me surpreendeu.
Joseph Gordon-Levitt me surpreende a cada filme, e não foi diferente com esse. Ele veste de corpo e alma seus personagens.
Além de tudo, dentro de uma trama dramática, você ainda consegue dar risada com algumas situações. 
Achava que era muito mais, o começo foi cansativo, mas acabou me surpreendendo um pouco. 

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.