sexta-feira, 20 de abril de 2012

E Sua Mãe Também


título original: Y Tu Mamá Tambien
gênero: Drama 
duração: 106 min 
ano de lançamento: 2001 
estúdio: Anhelo Producciones, Besame Mucho Pictures 
direção: Alfonso Cuarón 
roteiro: Alfonso Cuarón, Carlos Cuarón 
fotografia: Emmanuel Lubezki 
direção de arte: Marc Bedia, Miguel Ángel Álvarez

Tenoch e Julio são dois adolescentes que estão no auge de seus hormônios e querem se tornar adultos logo. Em uma festa conhecem Luisa, uma mulher 11 anos mais velha e mulher do primo de Tenoch, eles a convidam para partir em viagem junto deles. De cara ela recusa, mas depois de receber uma notícia ruim muda de idéia. Eles não sabem o caminho para chegar a praia que desejam ir, essa viagem sem direção trará muitas descobertas e conflitos.
Algumas pessoas podem achar esse filme desnecessário ou sem propósito pelo acesso de sexo que há na história. Realmente, nesse ponto é um pouco apelativo.
Porém, para o intuito do roteiro, que vejo como sendo a descoberta do mundo, da vida e da sexualidade por dois adolescentes, creio que foi bem usado.
Essa necessidade que ambos têm de descobrir o mundo e a frustração com a vida de uma mulher mais velha se casam perfeitamente na descoberta, ou redescoberta, dos caminhos que eles estão criando.
É , resumindo, um filme sobre descobertas, alegrias, decepções e todas as merdas que adolescentes fazem para alcançar esses objetivos.
O que mais se destaca aqui para mim são as interpretações impecáveis de Diego Luna e Gael García Bernal que, com 22 e 23 anos respectivamente, vestiram perfeitamente a camisa de adolescentes.
Só aconselho que não se veja esse filme ao lado de pais ou pessoas com quem você não tem muita intimidade para não passar constrangimento.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.