sexta-feira, 15 de julho de 2011

Corra, Lola, Corra

título original:Lola Rennt
gênero:Ação
duração:1 hr 21 min
ano de lançamento: 1998
estúdio: X-Filme Creative Pool / Westdeutscher Rundfunk / German Independents / Arte / Bavaria Film
distribuidora: Sony Pictures Classics / Columbia TriStar Films
direção: Tom Tykwer
roteiro: Tom Tykwer
produção: Stefan Arndt
música: Reinhold Heil, Johnny Klimek, Franka Potente e Tom Tykwer
fotografia: Frank Griebe
figurino: Monika Jacobs
edição: Mathilde Bonnefoy
efeitos especiais:Berliner Spezialeffekte Atelier / Das Werk

Lola é filha de um bancário e namora um rapaz bem encrenqueiro. Ele perdeu uma quantia grande de dinheiro que o bando deixou em sua confiança, e busca ajuda com a namorada para resolver o problema. Lola então corre contra o tempo para tirar o namorado dessa encrenca.
O roteiro toma vários rumos durante o desenvolver da história. Mesclando vários tipos de filmagens, inclusive animações; segue um ritmo de videoclips da MTV.
A velocidade da história e a trilha sonora são alucinantes! Tudo acontece muito rápido, uma piscada e você já perdeu metade da sequência.
E ela realmente passa o filme todo correndo e, quanto mais corre, mais você deseja que ela corra.
Como já citei algumas vezes, sou fã do cinema alemão. Pelo menos todos que vi até hoje, gostei. E esse é um dos culpados da minha predileção pelos filmes germânicos. 
As interpretações são super convincentes e a fotografia deles tem uma particularidade, que não sei explicar, mas só se vê em filmes da Alemanha.
Com certeza, mesmo estando paradinho no sofá, o filme acabará e você estará com uma leve falta de ar.
Um dos meus filmes  favoritos sem dúvida alguma.
O mais engraçado é que a atriz que faz a Lola chama Franka Potente, seria ironia do destino ou é por isso que ela consegue correr tanto durante o filme? ;)

CLASSIFICAÇÃO: MARAVILHOSO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.