terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Cartas para Julieta

título original:Letters to Juliet
gênero:Comédia Romântica
duração:1 hr 45 min
ano de lançamento: 2010
estúdio: Summit Entertainment / Applehead Pictures
distribuidora: Summit Entertainment (EUA) / Paris Filmes (Brasil)
direção: Gary Winick
roteiro: im Sullivan e Jose Rivera
produção: Mark Canton, Ellen Barkin, Eric Feig, Patrick Wachsberger e Caroline Kaplan
música: Andrea Guerra
fotografia: Marco Pontecorvo
direção de arte: Stefano Maria Ortolani e Saverio Sammali
figurino: Nicoletta Ercole
edição: Bill Pankow
efeitos especiais:Anibrain / Mr. X / Leonardo Cruciano Workshop

Uma moça, aspirante a escritora, viaja com seu noivo, que sonha em ter um restaurante, para a Itália. Lá ela descobre um lugar onde as pessoas deixam cartas para uma tal "Julieta" contando suas desilusões amorosas. Enquanto seu noivo só tem atenções para as comidas, elas se une ao grupo que responde as cartas. Até que certo dia ela descobre uma carta escondida, de muitos anos atrás e a responde; a única coisa que ela não esperava é que a dona da carta apareceria e isso mudaria sua vida para sempre.
Bem, mas beeem, água com açúcar. Não que isso desvalorize o filme. Assumo que peguei pra assistir com um baita de um preconceito achando que seria um lixo, mas até que foi um passatempo divertido. A única coisa que achei triste foi ver Gael Garcia Bernal num personagem TÃO secundário.
Apesar da história ser bem previsível é bonitinha e diria até que se aproxima a um conto de fadas. A trilha sonora é agradável e o ponto alto do filme se encontra em sua fotografia, o que não poderia ser diferente tendo sido rodado em pontos tão bonitos da Itália.
Pode não ser uma das grandes produções ou um filme super cabeça, mas é uma boa distração.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.