segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Psicose

  • título original:Psycho
  • gênero:Suspense
  • duração:01 hs 47 min
  • ano de lançamento:1960
  • estúdio:Shamley Productions
  • distribuidora:Paramount Pictures
  • direção: Alfred Hitchcock
  • roteiro:Joseph Stefano, baseado em livro de Robert Bloch
  • produção:Alfred Hitchcock
  • música:Bernard Herrmann
  • fotografia:John L. Russell
  • direção de arte:Robert Clatworthy e Joseph Hurley
  • figurino:Helen Colvig e Rita Riggs
  • edição:George Tomasini

Após roubar U$ 40 mil do escritório onde trabalhava, a secretária Marion durante a fuga acaba parando em um hotel afastado da estrada principal. Os donos são um rapaz solitário e sua mãe, nunca vista mas sempre ouvida aos berros na casa que fica ao lado do estabelecimento. Para seu azar, Marion não sabe o que a espera no chuveiro daquele local.
Esse filme contém uma das cenas e trilhas sonoras mais marcantes do cinema. Entre todos os filmes de Hitchcock que já vi sem dúvida Psicose se tornou meu favorito. Para minha vergonha, só o assisti semana passado (absurdo!) mas me provocou sensações que não sentia desde minha pré-adolescência quando costumava assistir com frequência filmes de terror/suspense.
A sensação é de estar com uma corda no pescoço durante todo o desenrolar da história,  a angústia de ver a cada personagem uma provável nova vítima consegue fazer com que o telespectador se assuste com um simples balançar de uma planta.
Assumo que fiquei tão em suspense durante o filme que cheguei ao ponto de soltar um grito espontâneo em uma cena. A única coisa que me deixou triste foi que por um chute acertei o final logo no começo.
As classificações Clássico e Antigo assustam algumas pessoas, mas não se deixe levar por isso, essa filme merece 6 estrelas.

Classificação: MARAVILHOSO

Poster e ficha técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.