quinta-feira, 20 de abril de 2017

O Experimento de Aprisionamento de Stanford

título original: The Stanford Prision Experiment
gênero: Drama
duração: 02h 02 min
ano de lançamento: 2005
estúdio:  Coup d'Etat Films
direção:  Kyle Patrick Alvarez
roteiro:  Tim Talbott, Philip Zimbardo
fotografia: Jas Shelton
direção de arte: Gary Barbosa

O professor de psicologia Philip Zimbardo decide aproveitar as férias de Stanford para conduzir um experimento onde deseja comprovar que os traços de personalidade de prisioneiros e policiais definem suas relações. Ao selecionar 24 alunos para passar 2 semanas em uma simulação de cadeia ele os divide aleatoriamente nos grupos. Mas, em pouco tempo, verá que a influência do ambiente e do poder é muito maior do que o imaginado.
Em 2001 esses caso real já havia sido transformado em filme na Alemanha, chama "A Experiência" e é um dos melhores filmes que já vi na história, portanto recomenda que assista ele antes de assistir a esse filme. 
A questão é que o filme alemão leva mais para um lado ficcional, não vinculando tanto ao caso real, apenas ao cerne da questão. Vemos naquela obra um maior desenvolvimento das questões dos participantes.
O interessante nessa produção é que eles abordam bastante também o envolvimento dos pesquisadores com o objeto de pesquisa e como este afetou também quem não estava dentro do experimento.

Peço que deem bastante atenção as interpretações de Ezra Miller, que por que permaneça pouco na trama leva tudo ao extremo, e Michael Angarano que realmente veste a camisa do personagem, e do personagem do personagem.
Minha maior crítica a esse filme é a maquiagem. Como se passa nos anos 70 fizeram com que o elenco ostentasse cabelos e bigodes clássicos da época, o problema é que está extremamente visível que são falsos.
Ainda assim o filme cumpre a função de passar a tensão do experimento e o suspense que o envolve de como aquilo terminará.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.