domingo, 18 de dezembro de 2016

O Céu de Suely

gênero: Drama
duração: 1h 30 min
ano de lançamento: 2006
estúdio: Celluloid Dreams
direção: Karim Aïnouz
roteiro: Karim Aïnouz, Felipe Bragança, Simone Lima, Mauricio Zacharias
fotografia: Walter Carvalho
direção de arte: Marcos Pedroso

Hemrila parte de São Paulo, com seu filho Mateusinho, de volta para sua cidade natal, Iguatu - CE. Ela fica a espera de seu marido, Mateus, que virá algumas semanas depois. Porém, quando ele não vem, ela começa a ter problemas financeiros e desejar sair de lá novamente; é então que tem uma ideia inusitada: rifar uma noite de amor.
Basicamente é uma história de filho pródigo que retorna à casa. Só que não é de coração aberto, na verdade ela não cabe mais nesse lugar. Acredito que a mensagem do filme pode ser essa: por mais que amemos nossas origens talvez aquele não seja mais nosso espaço no mundo.
A fotografia do filme é bem bonita, nos primeiros minutos de trama já fica claro que promete algo interessante, explorando bem as cores e cenas do agreste.
Um ponto interessante sobre o filme é sobre a direção, os atores foram preparados para improvisarem o tempo todo já que o diretor trabalhava de uma forma da qual eles não sabiam de onde a câmera viria.
Isso fui eu querendo ver o lado bom do filme. Tirando esses pontos, o filme é arrastado, os atores parecem estar entorpecidos - por mais que a história peça uma falta de entusiasmo acho que passou do ponto - e como quase toda produção nacional um pouco mais alternativa abusa de cenas sexuais e de nu sem nenhuma necessidade.  

Acredito que o que mais consagra esse filme é o que disse da condução dos atores pelo diretor, mas se não souber disso o filme fica bem enfadonho.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário