domingo, 11 de dezembro de 2016

Deadpool

título original: Deadpool
gênero: Aventura, Ação, Comédia
duração: 1h 46 min
ano de lançamento: 2016
estúdio: Twentieth Century Fox Film Corporation
direção: Tim Miller
roteiro: Rhett Reese, Paul Wernick, Rob Liefeld, Fabian Nicieza
fotografia: Ken Seng
direção de arte: Sean Haworth

Wade Wilson é um militar desertor que virou mercenário. Ele conhece Vanessa, uma mulher tão problemática quanto ele, e após um tempo de relacionamento Wade descobre estar com câncer terminal. Ele descobre uma experiência científica que pode curá-lo, porém algumas coisas saem do controle e ele se torna um mutante. Wade então vira Deadpool e sai em busca de vingança contra o homem que fez aquilo com ele.
Eu não sabia da existência desse personagem até o filme ser lançado, mas foi uma das melhores descobertas que fiz no mundo dos quadrinhos. Esse é o super-herói mais anti-herói que já vi, alguns podem tentar compará-lo a "Hancock" porém ele é muito superior. O cara não tem filtros, limites e é tão sem-noção que chega a ser difícil de acreditar.
Todo o estilo do personagem é ainda mais valorizado pela constante quebra da 4ª parede que traz outro significado para tudo aquilo (quer melhor maneira de apresentar um personagem do que ele mesmo fazendo isso?)
A classificação alta que o filme recebeu não é a toa: cenas muito violentas (pessoas virando carne moída praticamente e tiros na cabeça explodindo miolos a rodo), de cada 10 palavras 11 são palavrões, e MUITA baixaria e putaria. Mas é disso que se trata Deadpool, não quer ver o que acabei de citar, não veja esse filme.
O enredo em si - fora a apresentação do personagem - acaba sendo um pouco fraco, eu esperava um final mais surpreendente, ainda assim foi aberta uma brecha para uma continuação na qual eu espero uma história melhor construída já que o personagem já foi inserido perfeitamente.
A trilha sonora conduz a história de forma exemplar, te levando junto.
Ryan Reynolds não poderia ter sido melhor escolha para o papel, ele tem um estilo tosco e engraçado que se encaixa perfeitamente com Deadpool, e as piadas feitas com seu papel anterior no mundos dos heróis (Lanterna Verde) e até mesmo com ele próprio como ator mostram que ele entrou de cabeça no trabalho. 
Do mundo Marvel é o filme com maior intenção de divertir de todos, sei que todos são entretenimento, mas esse é o que menos se leva a sério e mais zoa o próprio estilo do qual faz parte. Metalinguagem em cima de metalinguagem e de forma engraçada.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO


Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário