sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Gigolô Americano

título original: American Gigolo
gênero: Suspense, Policial
duração: 01h 57 min
ano de lançamento: 1980
estúdio: Paramount Pictures
direção: Paul Schrader
roteiro: Paul Schrader
fotografia: John Bailey

Los Angeles, Julian é um gigolô que apenas trabalha para mulheres mais velhas, muito ricas e entendiadas. Após se envolver emocionalmente com uma cliente e ser acusado de ter assassinado outra, Julian vê sua vida virar do avesso.
Estamos lidando com um filme dirigido e escrito pelo mesmo autor de "Touro Indomável" e "TaxiDriver", Paul Schrader. Tem como dar errado? Incrivelmente tem.
Tinha tudo para ser um suspense policial passado no submundo de Los Angeles de primeira. Envolve prostituição masculina, a vida oculta das elites e suas hipocrisias. Porém, o suspense não cria expectativa alguma e a investigação policial não é bem desenvolvida e não se aprofunda o suficiente.
Nem mesmo como soft porn, estilo muito explorado nos anos 80, funciona. Para um filme envolvendo prostituição tem pouco material de nudez e as cenas que tem são extremamente mal feitas. Na primeira relação de Julian e Michelle as carícias são visivelmente coreografadas, em alguns momentos até mesmo parece que não estão tocando um no outro, somente simulando.
Praticamente não existe trilha sonora, muito menos sons ambientes, o que deixa o filme muito arrastado. Até mesmo em cenas de quebra-quebra falta o barulho das coisas sendo jogadas.
Por fim, Richard Gere parece um boneco de cera nesse filme, pior atuação dele que já vi.
Não percam tempo.

CLASSIFICAÇÃO: LIXO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário