quarta-feira, 26 de outubro de 2016

O Rei Da Comédia

título original: The King of Comedy
gênero: Comédia, Policial
duração: 01h 49 min
ano de lançamento: 1982
estúdio: Twentieth Century Fox Film Corporation
direção:  Martin Scorsese
roteiro: Paul D. Zimmerman
fotografia: 
Fred Schuler
direção de arte: Boris Leven

Rupert Pupkin é um aspirante a comediante que tenta de todas as formas mostrar seu trabalho para Jerry Langford, o apresentador de um talk-show e maior nome da comédia. Mesmo com todos os obstáculos ele não desiste e começa a mostrar o lado obscuro de sua obsessão.
Que forma incrível de construir um roteiro sobre fanatismo por celebridades e também sobre a conquista dos 15 minutos de fama a qualquer custo. Não me aprofundarei mais sobre isso se não contarei fatos importantes sobre o filme.
O que posso mais dizer é que Robert De Niro trabalha muito bem as nuances engraçadas de seu personagem, intercaladas com características psicóticas, que ele sempre mostrou fazer muito bem, aquele tipo de maluco controlado mas que pode enlouquecer a qualquer segundo.
Agora o destaque mesmo é Jerry Lewis. Pela primeira vez o vejo em um papel que não seja de um panaca, muito pelo contrário. É um homem que, apesar de comediante, é extremamente sério, arrogante e cansado do assédio dos fãs e da vida de celebridade. E, se havia alguma dúvida de sua capacidade como ator, fica aqui provado seu talento completo.
Talvez o filme pareça um pouco arrastado para alguns, mas é característica importante para que a trama passe a tensão de uma possível desgraça.
Como disse o próprio Pupkin: "É melhor ser rei por uma noite do que um idiota a vida inteira".

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.