segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Cegonhas - A História Que Não Te Contaram

título original: Storks
gênero: Animação, Comédia
duração: 01h 29 min
ano de lançamento: 2016
estúdio: Warner Animation Group
direção: Nicholas Stoller, Doug Sweetland
roteiro: Nicholas Stoller
fotografia: 
Simon Dunsdon
direção de arte: Paul Lasaine

TEXTO PRODUZIDO PARA CENTRAL42

Todos sabemos que a maior função das cegonhas é entregar os bebês, mas por ser um trabalho muito insalubre elas resolveram mudar de ramo e agora fazem entregas comuns. Junior, o funcionário mais empenhado do setor, recebe a possibilidade de virar chefe, mas para isso terá que tirar de seu caminho a órfã Tulipa.
Nos primeiros vinte minutos de filme não estava sentindo que ia pegar, fiquei com a sensação que estavam tentando encaixar muitas piadas seguidas e daquelas que não funcionam muito bem. Depois ele começa a ter um ritmo melhor e a se preocupar mais em contar a história incluindo piadas, e não o contrário.
O estilo do desenho é bem colorido e fofo, com certeza mirando no público mais mirim entre as crianças. É bem difícil não conseguir simpatizar com os personagens assim, principalmente os bebês. Pena que alguns que poderiam ter sido o alívio cômico da trama – os amigos de Tulipa: a galinha, a ema e a codorna - sumiram tão rapidamente, enquanto um pombo bem esquisito e sem graça ganhou mais destaque do que merecia. Por outro lado temos a alcateia cheia de lobos com personalidades variadas e talentos impressionantes também.
Não estamos falando de Pixar ou Disney, portanto não espere lição de moral ou alguma cena que te emocione profundamente, porém serve ao que vem: entreter, dar umas boas risadas e ser um momento leve no seu dia.

E talvez seja uma boa opção para os pais que ainda querem dar uma enrolada nos filhos antes de contar a verdade sobre a origem dos bebês.
Quer saber mais como é o filme e como foi a cabine de imprensa? Assista ao vídeo no Direto da Cozinha.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.