quarta-feira, 7 de setembro de 2016

A Incrível História de Adaline

título original: The Age of Adaline
gênero: Drama, Romance, Fantasia
duração: 01h 52 min 
ano de lançamento: 2015
estúdio: Lakeshore Entertainment
direção:  Lee Toland Krieger
roteiro: J. Mills Goodloe, Salvador Paskowitz
fotografia: David Lanzenberg
direção de arte: Claude Paré

Adaline nasceu em 1908, após um acidente ela para de envelhecer. Ela passa a viver cada dia mais solitária para evitar problemas que sabem que poderão surgir por causa de sua aparência imutável. Porém, após conhecer Ellis, as coisas poderão mudar.
Aproveitando a onda de "O Curioso Caso de Benjamin Button", o roteiro trabalha um tema que gera interesse em uma boa parcela da população: e se não envelhecêssemos? E se fossemos imortais?
Porém perdeu o melhor gancho do filme citado acima, o de ser mais realista e menos desejoso por um final feliz.

Tudo anda muito bem, inclusive chega a surpreender depois que Adaline conhece a família de Ellis, mas acaba cedendo ao lugar comum.
Apesar disso, a forma como o roteiro conduz sua vida nos tempos atuais com pequenas lembranças funciona muito melhor do que se acompanhássemos sua vida desde o acidente de forma linear.
Claro que as justificativas "científicas" usadas para explicar o milagre da imortalidade não convencem, mas isso pode ser passado despercebido.
Atuações, fotografia e trilha não surpreendem mas também não ficam abaixo do esperado.
No todo é um bom filme, mas não acredito que fique marcado na memória.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário