terça-feira, 30 de agosto de 2016

Lawrence da Arábia

título original: Lawrence of Arabia
gênero: Épico, Aventura
duração: 03h 36 min
ano de lançamento: 1962
estúdio:  Horizon Pictures
direção: David Lean
roteiro:  T.E. Lawrence, Robert Bolt, Michael Wilson
fotografia:
Freddie Young
direção de arte: John Box

Primeira Guerra Mundial, entediado com suas atividades no Cairo o tenente Lawrence aceita a missão de ser o oficial de ligação entre os rebeldes árabes e o exército britânico, para se tornarem aliados contra os turcos. Lawrence se apaixona pela vida no deserto e decide ajudar os árabes a se tornarem um povo livre.
Para assistir a esse filme tem que se ir preparado para alguns pontos: ele tem mais de 50 anos de criação, é um filme histórico - o que pode deixar alguns pontos um pouco confusos, e ele tem quase QUATRO horas de duração. Consciente disso tudo fica mais fácil estar em forma para o que vem. E o melhor, realmente aproveitar a experiência.
Confesso que achava que seria um filme arrastado e confuso, mas muito pelo contrário, tive a sensação de estar assistindo a um filme de duração comum e acredito que parte da história dos países árabes ficou mais clara para mim.
Isso sendo valorizado ainda mais por uma fotografia de deixar qualquer um com o queixo caído. A trilha sonora também ajuda, típica de um épico e grandiosa, entretanto chega um ponto que parece que está a ouvir variações da mesma música. Com certeza ficará com ela na cabeça por alguns dias.
Peter O'Toole está ótimo no papel do excêntrico Lawrence, principalmente a partir do ponto que o poder e a fama passam a subir à cabeça e ele começa a sair de si.
Omar Sharif, egípcio de nascença, talvez tenha usado do seu conhecimento cultural para construir um personagem, a princípio repugnante, mas que depois passa a ganhar o carinho do público.
Com certeza é um épico clássico que atravessou décadas e continua muito atual.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário