quarta-feira, 6 de julho de 2016

Um Lugar ao Sol

título original: A Place In The Sun
gênero: Drama, Romance
duração: 2h 02 min
ano de lançamento: 1951
estúdio:  Paramount Pictures
direção:  George Stevens
roteiro: Theodore Dreiser, Patrick Kearney, Michael Wilson, Harry Brown
fotografia: William C. Mellor

George, um rapaz simples, é chamado para trabalhar na fábrica do tio milionário. Dentre as regras da empresa está o não envolvimento entre funcionários, mas ele acaba namorando Alice, que trabalha na linha de montagem. Aos poucos ele é introduzido no círculo social e conhece a bela Angela, com quem se envolve e resolve se afastar de Alice. Mas a moça está grávida e George percebe que isso pode atrapalhar seus planos de ascensão social.
O roteiro trabalha a luta de classes e o alpinismo social disfarçados de um romance trágico.
A forma como o personagem de Montgomery Clift se transforma de um mocinho, pelo qual torcemos no começo, em um canalha ambicioso e sem escrúpulos, é de impressionar.

A princípio a fotografia é mais delicada, mas conforme a história vai se transformando essa também muda puxando mais para o estilo noir, para enfatizar os conflitos internos do personagem principal. 
Sei que é difícil não se impressionar com a beleza de Elizabeth Taylor, mas também não tem como não ficar com pena de Shelley Winters.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário