domingo, 12 de junho de 2016

Escrito Nas Estrelas

título original: Serendipity
gênero: Comédia Romântica
duração: 1h 30 min
ano de lançamento: 2001
estúdio:  Miramax
direção: Peter Chelsom
roteiro:  Marc Klein
fotografia: John de Borman
direção de arte: Caroline Hanania

Natal, começo dos anos 90, Jonathan e Sara se encontrar por acaso em uma loja ao tentarem comprar uma mesma luva. Apesar de ambos terem relacionamentos, eles sentem uma atração forte e passam a noite passeando juntos. Sara acredita no destino e usa de truques para se reencontrarem crendo que, se for para ficarem juntos, os caminhos deles voltarão a se cruzarem.
Acho que tem todos os clichês de comédia romântica nesse filme: encontros ao acaso, viagens inesperadas, saídas de vôos repentinas, etc. Acho que meu coraçãozinho peludo é muito gelado pra esse tipo de coisas, ou a minha fase desse tipo de filme já passou. Apesar que acho que tem como fazer uma comédia boa, vide "P.s. Eu te amo".
Mas voltando a esse filme, tirando que o roteiro é bem médio e que desde o começo está na cara como vai acabar, tem certas coisas que acho bem escrotas nesse tipo de filme. Claro que, se um dos personagens principais tive rum relacionamento, o par será a pessoa mais insuportável do mundo para que a audiência fique a favor dele largar/trair. Nesse caso o par de Sara realmente não lhe dá a devida atenção, agora o par de Jonathan não tem nada de errado (chega a dar dó da moça).
Outro ponto, por mais que eles tenham se interessado um pelo outro, quem - tendo um relacionamento fechado e sendo fiel - sai para passar o dia passeando com um pleno desconhecido se não tem intenção de dar um par de chifres ao cônjuge?
Não prende, não diverte e não cria empatia.

CLASSIFICAÇÃO: RUIM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário