sexta-feira, 20 de maio de 2016

Não Estou Lá

título original: I'm not there
gênero: Drama
duração: 2h 15 min
ano de lançamento: 2007
estúdio:  Killer Films
direção: Todd Haynes
roteiro:  Todd Haynes, Oren Moverman
fotografia: Edward Lachman
direção de arte: Judy Becker

Biografia do artista Bob Dylan que relata todas suas fases e mutações durante a vida.
Lembro que "assisti" esse filme muito tempo atrás. Dormi em vários pedaços e o pouco que vi o fiz morrendo de sono. Achei que por isso não tinha entendido nada. Não, acabei de vê-lo novamente, completamente acordada e atenta e continuei praticamente no mesmo lugar.
Cada fase da vida de Dylan é retratado por um ator, com nomes distintos. Ponto que achei bem interessante, principalmente pela boa atuação de Heath Ledger e pelo ponto alto do filme: a atuação de Cate Blanchett. Se fosse pro filme ser feito de outro jeito sem sombra de dúvida escolheria ela para fazê-lo durante todo o filme; você simplesmente esquece que quem está ali é aquela diva linda.
A fotografia é bem ousada, o que também dá pontos ao filme, e a trilha sonora - bem, essa não tem nem o que dizer, afinal, é Dylan do começo ao fim.
O que acho que atrapalha pra acompanhar a trama é não conhecer a fundo a vida de Dylan. Há muitas referências que acredito só serem sacadas por quem é fanático pelo cara. E acho isso um ponto bem negativo, afinal, não seria legal que pessoas que o admiram, mas não conhecem bem sua história, pudessem se aprofundar mais através desse filme?
Outro ponto que, para mim, foi um tiro que saiu pela culatra foi a forma que demonstraram a personalidade poética e intelectual dele. Quiseram valorizar tanto, deixando os diálogos tão filosóficos, que alguns trechos são incompreensíveis e Dylan ainda soa como um cara arrogante e chato.
Talvez valha a experiência, mas faça por sua conta e risco.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.