sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

O Quarto de Jack

título original: Room
gênero: Drama
duração: 1h 58 min
ano de lançamento: 2015
estúdio: A24
direção: Lenny Abrahamson
roteiro:   Emma Donoghue
fotografia: Danny Cohen
direção de arte: Ethan Tobman

Jack, um garoto de 5 anos, vive em um quarto com sua mãe. Quando ele completa 5 anos, sua mãe resolve contar a ele a verdade: que eles estão presos naquele lugar. A partir daí ela passa a traçar planos para tentar uma fuga.
Quando comecei a assistir achei que seria um filme monótono e claustrofóbico, mas me surpreendi. A trama é de uma delicadeza, sensibilidade e beleza difíceis de descrever.
A forma como trabalham a questão do trauma, da depressão e da descoberta do mundo por Jack não é apenas para deixar o telespectador triste, mas serve para nos sentirmos na pele dos personagens, criarmos empatia por eles.
Para completar a fotografia é linda, com um quê de onírico. E as atuações de Brie Larson e Kacob Tremblay são incríveis, pena que ele não foi indicado como Melhor Ator coadjuvante, mas tenho certeza que ela honrará a obra e levará o de Melhor Atriz.
Engraçado que no começo achava que Jack era uma menina e a mãe dizia ao Nick que era um menino para ele não abusar da criança. No final das contas eu estava errada, mas sendo isso uma intenção do filme ou não me ajudou mais ainda a entrar no clima do filme.
Ainda não tinha encontrado, entre os indicados a Melhor Filme, um que despertasse minha torcida como "Spotlight", agora tenho dois favoritos.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário