segunda-feira, 6 de julho de 2015

Mar adentro

título original: Mar adentro
gênero: Drama
duração: 125 min 
ano de lançamento: 2004
estúdio:  Sogepaq
direção: Alejandro Amenábar
roteiro:  Alejandro AmenábarMateo Gil
fotografia: Javier Aguirresarobe
direção de arte: Benjamín Fernández

Rámon Sampedro sofreu um acidente na juventude que o deixou tetraplégico. 28 anos depois, lúcido e preso a uma cama ele luta pelo direito de morrer.
O estilo de narrativa e direção me lembrou de certa forma "O Escafandro e a Borboleta", além da temática obviamente. Mas cada um tem seus méritos e particularidades.
O roteiro mostra bem várias visões sobre o assunto, claro que tendendo mais ao posicionamento do personagem principal, mas seu debate com um padre também tetraplégico agrega muito a discussão.
Javier Bardem está quase irreconhecível, queria saber como fizeram para que seu corpo se assemelhasse ao de uma pessoa a tanto tempo presa a uma cama. 
Não é um filme fácil - emocionalmente - de assistir, não foi feito para passar o tempo. Você acaba de assistir parecendo que tem um Labrador sentado em seu peito. Mesmo assim vale cada minuto.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário