domingo, 31 de maio de 2015

Zorba, o Grego

título original: Alexis Zorbas
gênero: Aventura, Drama
duração: 142 min 
ano de lançamento: 1964
estúdio:   Twentieth Century Fox Film Corporation
direção:  Mihalis Kakogiannis
roteiro:  Nikos KazantzakisMihalis Kakogiannis
fotografia: Walter Lassally

Enquanto espera para embarcar para Creta, escritor inglês conhece Zorba, um camponês grego que se propõe a trabalhar na mina que o inglês herdou. Chegando lá eles se hospedam no hotel de uma prostituta francesa e começam a se integrar com a comunidade local.
Sempre ouvi minha mãe falando muito bem desse filme, vi que ia passar na TV e resolvi assistir. Não me arrependi, mas estava esperando outra coisa.

O roteiro não parece desenvolver naturalmente. Ao mesmo tempo que tem momentos que tudo passa muito rápido, em outras nada acontece. Há uma certa crítica ao provincianismo e a posicionamentos antiquados, mas não aprofundado o suficiente.
O que me parece é que tudo foi construído para enaltecer Anthony Quinn. E o filme é todo dele, sua atuação é de primeira, suas danças; seu personagem é tão essencial que nas cenas em que não está presente o filme perde interesse.
No final, até minha mãe - que adorava o filme - ficou se perguntando porquê ela gostava tanto.

Vale para vê-lo, mas para isso talvez você terá que lidar com uma história que não te envolva tanto.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário