sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Última Parada 174

gênero: Drama, Suspense
duração: 110 min
ano de lançamento: 2008
estúdio: Moonshoot Pictures
direção: Bruno Barreto
roteiro: Bráulio Mantovani 
fotografia: Antoine Héberlé
direção de arte: Claudio Amaral Peixoto

Baseado em fatos reais, o filme com a história de vida de Sandro, menino de rua que sobreviveu a chacina da Candelária e , anos depois, sequestrou um ônibus no Rio de Janeiro.
Pode ser clichê e ter um padrão que o cinema nacional vem seguindo de uns anos pra cá: relatar e/ou romancear o crime no país. Mas assim como filmes sobre as Guerras Mundiais, o Holocausto, a Ditadura Militar, sempre haverá mais uma vertente a ser abordada.Ainda mais uma história como essa que, na época, foi passada ao vivo na televisão quase como um reality show. Eu tinha por volta de 12 anos na época e ainda me lembro como se fosse ontem.
Muitos podem achar que a atitude da polícia foi louvável, que bandido bom é bandido morto, eu só consigo ter pesar - por suas vítimas e pelo próprio Sandro.
E é ai que entra um bom roteiro, construindo desde o começo como a trajetória de uma pessoa no crime começa, como a vida sofrida influencia o caminho que uma pessoa trilha. Não sei até que ponto a história do Sandro de verdade era parecida com a do Sandro fictício, mas esse último me fez sentir pena.
A história é muito pesada, não sei se o fato de a ter vivenciado pela TV influenciou, mas não tive como não me emocionar.
O elenco é de certa forma desconhecido, mas segura as pontas muito bem.
Por fim, me deu um tilt ver o Mathias de "Tropa de Elite" fazendo responsável do BOPE que negocia com o sequestrador. hehe

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Ficha Técnica: IMDb


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.