terça-feira, 30 de abril de 2013

Se Eu Fosse Você 2

gênero: Comédia
duração: 96 min
ano de lançamento: 2009
estúdio: Globo Filmes
direção: Daniel Filho
roteiro: Rene Belmont, Adriana Falcão, Daniel Filho, Euclydes Marinho
fotografia: Nonato Estrela

Cláudio e Helena estão em vias de se separar, durantes uma discussão eles trocam novamente de corpo. Além disso, a filha do casal está grávida, o que atrapalha mais a situação.
"Se Eu Fosse Você" fez muito sucesso, é lógico que então não perderiam a oportunidade  de fazer mais dinheiro em cima.
Exatamente a mesma fórmula - e quase a mesma história - do primeiro.
Os dois principais novamente mandam muito bem, e dá pra rir bastante nesse também, mas não há nada de novo.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb


segunda-feira, 29 de abril de 2013

Se Eu Fosse Você

gênero: Comédia
duração: 108 min
ano de lançamento: 2006
estúdio: Total Entertainment
direção: Daniel Filho
roteiro: Rene Belmont, Iafa Britz, Adriana Falcão, Daniel Filho, Roberto Frota, Carlos Gregório
fotografia: José Roberto Eliezer
direção de arte: Marcos Flaksman

Um casal, ele publicitário e ela professora de canto, estão casados a muito tempo. Tendo uma rotina bem fixa, um dia se vêem no meio de uma grande discussão que, de uma maneira inexplicável, os faz trocar de corpos. Enquanto procuram uma maneira de resolver esse problema, ambos têm de se encaixar dentro da rotina do outro.
O roteiro já é bem manjado, afinal, quantos filmes de troca de corpo você já viu? Tenho quase certeza que muitos. Mas o propósito aqui é fazer rir, e ele consegue.
Com aquele estilão de programa da Globo, Glória Pires e Tony Ramos mandam muito bem. Inclusive, por favor, especial atenção a cena em que ele nada na piscina.
Para uma tarde atoa pode ser uma boa pedida. 

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

domingo, 28 de abril de 2013

Riquinho

título original: Ri¢hie Ri¢h
gênero: Comédia
duração: 95 min
ano de lançamento: 1994
estúdio: Warner Bros
direção: Donald Petrie
roteiro: Neil Tolkin, Tom S. Parker, Jim Jennewein
fotografia: Don Burgess
direção de arte: James H. Spencer

Riquinho, apesar de ter tudo o que quer e ser muito amado pelos pais, não é completamente feliz. Ele deseja muito ter amigos para jogar baseball. Quando seus pais somem após seu avião cair no Triângulo das Bermudas, Riquinho contará com a ajuda do mordomo, de um professor e de seus novos amigos para descobrir a verdade.
Clássico da Sessão da Tarde da Era de Ouro de Macaulay Culkin. Na década de 90 servia bem para distrair a criançada, hoje não sei se serviria tanto. Apesar que acredito que toda criança - até hoje - adoraria ter uma montanha russa em casa.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

sábado, 27 de abril de 2013

Mary e Max - Uma Amizade Diferente

título original: Mary And Max
gênero: Drama, Animação, Comédia
duração: 92 min
ano de lançamento: 2009
estúdio: Melodrama Pictures
direção: Adam Elliot
roteiro: Adam Elliot
fotografia: Gerald Thompson
direção de arte: Adam Elliot

Mary mora na Austrália, tem oito anos e não tem amigos. Max é um homem de meia idade que mora em Nova Iorque, tem Síndrome de Asperger e, de repente, passa a receber cartas de Mary, criando um laço de amizade diferente.
Esse stop-motion de massinhas não é uma animação para crianças. 
Tratando da maneira menos piegas possível de amizade e relacionamentos humanos, o filme aborda também assuntos muitos sérios como distúrbios psicológicos, alienamento parental, bullying, vícios, entre outros.
Com certeza você dará risada com algumas partes, como o amigo imaginário de Max e suas crises de pânico por coisas inimagináveis, mas com mais certeza ainda você se emocionará e refletirá sobre muitas coisas.
Perfeito.

CLASSIFICAÇÃO: MARAVILHOSO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Recém-Casados

título original: Just Married
gênero: Comédia
duração: 95 min
ano de lançamento: 2003
estúdio: Twentieth Century Fox Film Corporation
direção: Shawn Levy
roteiro: Sam Harper
fotografia: Jonathan Brown
direção de arte: Nina Ruscio

Uma jovem patricinha resolve se casar com um cara que não é o que sua família e amigo esperavam para ela. Logo que partem para a lua de mel na Europa a viagem começa a ter vários problemas, mas a coisa desanda quando seu ex-namorado é enviado para lá pelos seus pais para acabar com tudo.
Até que dá pra dar umas risadas nas cenas em que as coisas dão errado, mas nada que impressione. O roteiro é muito previsível.
Só assista se estiver passando na TV e não tiver nada de melhor para fazer.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Quero Ficar Com Polly

título original: Along Came Polly
gênero: Comédia
duração: 90 min
ano de lançamento: 2004
estúdio: Universal Pictures
direção: John Hamburg
roteiro: John Hamburg
fotografia: Seamus McGarvey
direção de arte: Andrew Laws

Após ver seu casamento desmoronar, um homem que odeio correr riscos se apaixona por uma mulher que adora viver intensamente.
Acho que segue uma linha próxima ao de "Quem vai ficar com Mary?" mas com menos efeito.
Há cenas bem engraçadas, a maioria envolvendo as neuroses do personagem principal ou a fuinha da mulher que ele ama. Ou os dois.
Lógico que a história é manjada e em alguns pontos usa das fórmulas dos besteiróis, mas serve pra rir.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Quem Vai Ficar Com Mary?

título original: There's something about Mary
gênero: Comédia
duração: 119 min
ano de lançamento: 1998
estúdio: Twentieth Century Fox Film Corporation
direção: Bobby Farrelly, Peter Farrelly
roteiro: Ed Decter, John J. Strauss, Bobby Farrelly, Peter Farrelly
fotografia: Mark Irwin

Treze anos após ver seu sonho de ir ao baile de formatura com a garota que gostava ir pelo ralo, rapaz resolve contratar um detetive para encontrá-la. Porém, as coisas passam a não sair como planejado quando o detetive também se apaixona por ela.
Clássico da década de 90. Um dos poucos besteiróis do qual gostei.
São situações absurdas, exageradas e forçadas, mas é exatamente isso que dá a graça ao filme.
Algumas cenas ficaram marcadas na lembrança do público, com certeza você tem alguma na memória.
Serve muito bem para rir bastante.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

terça-feira, 23 de abril de 2013

007 - Quantum of Solace

título original: Quantum Of Solace
gênero: Ação, Policial
duração: 106 min
ano de lançamento: 2008
estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
direção: Marc Forster
roteiro: Paul Haggis, Neal Purvis, Robert Wade
fotografia: Roberto Schaefer
direção de arte: Dennis Gassner

Bond luta contra a vontade de tornar sua missão um caso pessoal, após a morte da mulher que ama. Após ligar o traidor a uma conta no Haiti, 007 vai a vários países seguindo a pista de um empresário interessado em recursos naturais valiosos e um general latino-americano exilado. 
Foi difícil assimilar em "007- Cassino Royale" que Daniel Craig tinha chegado para trazer mais ação a série, mas a história continuava interessante. Acabei pulando esse e indo direto ao terceiro, "007- Operação Skyfall" do qual gostei bem mais que o primeiro, já melhor adaptada ao novo estilo do James Bond.
Até que me deparei com o segundo da série passando na TV e resolvi assistir. Confuso seria a melhor palavra que define para mim. A ligação com o primeiro não é tão clara, a lógica do caminho que o personagem segue na trama é confusa e também como ele conclui as coisas.
Parece que nada faz muito sentido, principalmente pelo 007 - conhecido como durão e garanhão - se deixar ser movido por um motivo passional.
Não condiz com o personagem, com a série e o roteiro é mal construído.

CLASSIFICAÇÃO: RUIM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Procura-se Uma Noiva

título original: The Bachelor

gênero: Comédia Romântica
duração: 101 min 
ano de lançamento: 1999
estúdio: George Street Pictures 
direção: Gary Sinyor
roteiro: Roi Cooper Megrue , Jean C. Havez, Clyde Brukman, Joseph A. Mitchell
fotografia: Simon Archer
direção de arte: Craig Stearns

Jimmie é um rapaz que gosta de estar sempre livre e solto, porém seu avô morre e declara no testamento que ele só receberá sua grande parcela se casar até fazer 37 anos, que ele completa no dia seguinte.
Remake de "Sete Oportunidades".
Vamos ignorar isso para analisar esse filme. Como uma comédia romântica, dá para ocupar uma tarde atoa. Não tem nada que se destaque muito, dá pra rir em alguns momentos.
Porém, se você viu o original, esqueça. Essa refilmagem é muito inferior ao primeiro, as únicas partes que se destacam são as que copiaram exatamente igual ao primeiro. A diferença aqui é que o original tem uma levada mais para comédia enquanto esse é mais romântico.
E outra, não dá pra Chris O'Donnell competir com Buster Keaton.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

domingo, 21 de abril de 2013

Procura-se Um Amor Que Goste de Cachorros

título original: Must Love Dogs
gênero: Comédia Romântica
duração: 98 min
ano de lançamento: 2005
estúdio: Warner Bros
direção: Gary David Goldberg
roteiro: Claire Cook, Gary David Goldberg
fotografia: John Bailey
direção de arte: Naomi Shohan

Uma professora, divorciada, está a procura de um novo amor. Após ser pressionada por sua família, acaba aceitando colocar um anúncio num site de relacionamentos, mas com uma condição: a pessoa deve gostar de cachorros.
Tão, mas tão óbvio que não tem muito o que falar. Se fosse assistir ao trailer abaixo já descobrirá todo o caminho em que a história será conduzida.
Só para o público feminino e para quando não tem nada mais importante para fazer.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

sábado, 20 de abril de 2013

Priscilla - A Rainha do Deserto

título original: The Adventures of Priscilla, Queen os Desert
gênero: Comédia, Drama
duração: 104 min
ano de lançamento: 1994
estúdio: PolyGram Filmed Entertainment
direção: Stephen Elliott
roteiro:  Stephen Elliott
fotografia: Brian J. Breheny
direção de arte: Owen Paterson

Três dragqueens viajam pelo deserto australiano, com um ônibus caindo aos pedaços, para apresentar seu show. No caminho elas vão conhecendo melhor uma a outra e a si mesmas.
Apesar de ter dado bastante risada com esse filme, acredito que ficou mais marcado para mim como drama do que comédia. As cenas de conflitos - externos e internos - são tão fortes que não consigo considerar como sendo só humor.
A trilha sonora e a fotografia são encantadoras; os personagens super irreverentes, assim como a história que também trás um quê de polêmica para a época em que foi produzido.
As atuações são de primeira! Foi o primeiro papel em que vi Guy Pearce, e marcou tanto que não consigo ver outro filme com ele sem lembrar desse filme. Hugo Weaving também da um show, é aqui que vemos como o Agente Smith é um bom ator. E Terence Stamp está uma senhorinha perfeita.
Um filme que faz rir, chorar e parar para pensar.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Penetras Bons de Bico

título original: Wedding Crashers
gênero: Comédia
duração: 119 min
ano de lançamento: 2005
estúdio: New Line Cinema
direção: David Dobkin
roteiro: Steve Faber, Bob Fisher
fotografia: Julio Macat
direção de arte: Barry Robison

Dois amigos, que trabalham como mediadores de divórcio, tem como hobby ir de penetra em festas de casamentos aos finais de semana para seduzirem mulheres. Os problemas começam quando eles conhecem a filha de um influente político.
Não gosto desse tipo de comédia e não vou muito com a cara do Owen Wilson nem do Vince Vaughn.
Pra ajudar a história não convence muito e a sensação que eu tive é de que todo o elenco estava ali forçado.
Não se trata apenas de um besteirol, porque se fosse assim provavelmente eu riria em algumas partes, nesse eu não ri em nenhum momento.
Recomendo que passem longe.

CLASSIFICAÇÃO: RUIM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quinta-feira, 18 de abril de 2013

O Colecionador de Ossos

título original: The Bone Collector
gênero: Suspense, Policial
duração: 118 min
ano de lançamento: 1999
estúdio: Columbia Pictures Corporation
direção: Phillip Noyce
roteiro: Jeffery Deaver, Jeremy Iacone
fotografia: Dean Semler
direção de arte: Nigel Phelps

Após sofrer um acidente que o deixa tetraplégico, um policial investigativo perde a vontade de viver. Mas as coisas começam a mudar quando um serial killer passa a cometer crimes hediondos e, com a ajuda de uma policial iniciante, ele irá tentar solucionar o caso.
Eu sempre só ouvi falar bem desse filme. Gosto muito de suspense policial, principalmente quando envolve um serial killer, ainda mais se esse deixa dicas que quebram a cabeça. E esse filme se encaixa nessas características que disse antes, mas peca em vários outros sentidos.
A teimosia do personagem de Denzel Washington que faz a personagem de Angelina Jolie entrar sempre sozinha nos lugares é meio incoerente. Tudo bem, sei que é pra criar mais tensão, mas não a lógico, em uma investigação onde há grandes chances do assassino ainda estar no local, colocar alguém iniciante assim em risco. Enfim, isso nem é tão importante mas me aborreceu um pouco.
Outro ponto foi que, no final das contas, as dicas do serial killer foram inúteis, pois nunca levariam ao personagem revelado no final; aí perde o sentido.
Denzel está particularmente sem sal e Angelina Jolie com as caras e bocas de sempre. O clima romântico que tentam colocar entre eles também é um tanto forçado.
Me decepcionei.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Patch Adams - O Amor é Contagioso

título original: Patch Adams
gênero: Drama
duração: 115 min
ano de lançamento: 1998
estúdio: Blue Wolf, Universal Pictures
direção: Tom Shadyac
roteiro: Patch Adams, Maureen Mylander, Steve Oedekerk
fotografia: Phedon Papamichael
direção de arte: Linda DeScenna

Baseado na história real de Patch Adams, que enquanto cursava medicina, e após se formar, mudou o ambiente hospitalar, tirando dele aquele clima austero e levando mais leveza e alegria a quem ali estava internado. 
O trabalho de grupos como "Doutores da Alegria" já é algo que me emociona muito, que me desperta uma esperança no ser humano. Saber então de onde surgiu essa iniciativa é mais bacana ainda.
Pode ter se tornado um filme comum na TV aberta, mas mesmo assim a história ainda vale a pena. É bonita, tocante e emociona.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

terça-feira, 16 de abril de 2013

Paixão de Aluguel

título original: The Perfect Man
gênero: Comédia, Romance
duração: 100 min
ano de lançamento: 2005
estúdio: Universal Pictures
direção: Mark Rosman
roteiro: Michael McQuown, Heather Robinson, Katharine Torpey, Gina Wendkos
fotografia: John R. Leonetti
direção de arte: Jasna Stefanovic

Holly está cansada de ver a mãe sofrendo com namorados errados e de mudar de casa o tempo todo por causa disso. Decide então arrumar um admirador secreto, um namorado perfeito, para sua mãe e vê no tio de uma amiga a figura certa. Mas as mentiras que ela inventará poderão lhe trazer problemas.
Filme Disney Channel. Com atriz ídolo dos adolescentes da época, uma história bem água com açúcar e óbvio.
Não vale a pena.

CLASSIFICAÇÃO: RUIM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Filadélfia

título original: Philadelphia
gênero: Drama
duração: 125 min
ano de lançamento: 1993
estúdio: TriStar Pictures
direção: Jonathan Demme
roteiro: Ron Nyswaner
fotografia: Tak Fujimoto
direção de arte: Kristi Zea

Um promissor advogado é demitido do tradicional escritório onde trabalha por ter Aids. Ele resolve processá-los e, para isso, conta com o serviço de um advogado homofóbico.
Só por ser um filme de júri já havia grandes chances de eu gostar, ainda tendo uma temática tão profunda, só podia ser amor a primeira vista!
Não se trata apenas de um filme que aborda os preconceitos e temores em relação à Aids, soropositivos e homossexuais. Se trata disso tudo sendo abordado em uma época onde esses assuntos eram muito mais delicados que hoje em dia e, principalmente, por Hollywood e não somente por cinemas alternativos.
Tom Hanks está incrível em todos os detalhes de seu personagem e Denzel Washington faz com que seu personagem homofóbico passe por grandes transformações durante o decorrer da história.
Esse é um daqueles filmes que consegue me fazer despertar ódio pro pessoas fictícias, o que para mim é a prova de como os personagens foram bem construídos.
Atenção especial para a cena da ópera - que plasticamente destoa um pouco do resto do filme mas é bem interessante - e a cena do espelho no juri.
Obrigatório com certeza.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

domingo, 14 de abril de 2013

Argo

título original: Argo
gênero: Suspense, Drama
duração: 120 min
ano de lançamento: 2012
estúdio: Warner Bros
direção: Ben Affleck
roteiro: Chris Terrio, Tony Mendez, Joshuah Bearman
fotografia: Rodrigo Prieto
direção de arte: Sharon Seymour

Ápice da revolução iraniana, militantes invadem a embaixada americana fazendo mais de 50 reféns. Porém, 6 conseguem escapar e recebem abrigo na casa do embaixador canadense. É uma questão de tempo que sejam descobertos e mortos; em meio a esse caos um agente da CIA bola um plano para resgatá-los.
Agora eu sei porquê falaram tanto de não ter recebido as indicações merecidas e porquê foi tão justo o prêmio de Melhor Filme no Oscar.
É difícil de acreditar que esse plano mirabolante realmente aconteceu, mas quando assimilamos isso o filme fica ainda mais incrível.
Mesmo nas cenas que não foram retiradas de reportagens da época, a filmagem segue o mesmo padrão, o que dá uma realidade maior à história.
A única semi reclamação que tenho é na insistência de Ben Affleck em continuar atuando, ele não é bom nisso, deveria focar só no que pelo jeito realmente sabe fazer: dirigir.
Fazia tempos que não ficava tão tensa com o clímax de um filme! Valeu cada segundo!

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

sábado, 13 de abril de 2013

Os Normais 2 - A Noite Mais Maluca de Todas

gênero: Comédia 
duração: 75 min
ano de lançamento: 2009
direção: José Alvarenga Jr.
roteiro: Alexandre Machado, Fernanda Young

Vani e Rui estão em crise. Para reanimar o relacionamento resolvem fazer ménage à trois, partem então em busca de alguém que tope na noite carioca e no meio do caminho encontram algumas pessoas, e confusões.
Essa continuação de "Os Normais" mantém o mesmo estilo de filmagem do primeiro filme e da série.
A sorte é que o elenco continua de primeira e as piadas também. Passei mal de dar risada no primeiro e não foi diferente nesse.
As cenas com a Cláudia Raia foram as que me fizeram mais rir, também tem as do hospital, pensando melhor, é o filme todo.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: Filmow

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Um Fantástico Medo de Tudo

título original: A Fantastic Fear of Everything
gênero: Comédia
duração: 100 min
ano de lanmento: 2012
estúdio: Indomina Productions
direção: Crispian Mills, Chris Hopewell
roteiro: Crispian Mills
fotografia: Tony Pierce-Roberts
direção de arte: Kalina Ivanov

Um escritor fica paranóico ao começar a pesquisar sobre serial killers para seu livro de suspense, principalmente após um produtor de Hollywood se interessar pela sua história. Isso faz com que ele tenha que enfrentar seus medos.
Um dos filmes mais loucos que já vi. Completamente brizado e bizarro. E é exatamente por isso que ele se torna tão legal!
A mistura de desenhos, stop motion e live action é bem trabalhada; a narrativa e a fotografia dão o tom de suspense necessário e a personalidade do personagem principal fecha com chave de ouro o ciclo.
Inclusive, acho que nunca tinha visto algum filme com Simon Pegg mas acho que já virei fã.
Tem que estar aberto a novas experiências para gostar desse filme, mas vale a pena.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quinta-feira, 11 de abril de 2013

O Homem que Mudou o Jogo

título original: Moneyball
gênero: Drama
duração: 133 min
ano de lanmento: 2011
estúdio: Columbia Pictures
direção: Bennett Miller
roteiro: Steven Zaillian, Aaron Sorkin, Steven Chervin, Michael Lewis
fotografia: Wally Pfister
direção de arte: Jess Gonchor

Baseado em uma história real, o filme conta a experiência de Billy Beane com um novo método matemático de escolha de novos jogadores para alavancar seu time.
Com certeza para quem entende de baseball esse filme faz muito mais sentido. Confesso que boiei em várias partes por isso.
O que acabou acontecendo é que acabou sendo um filme sobre esportes onde um time ruim, de uma hora pra outra, consegue melhorar magnificamente.
Enriquece a história usarem cenas reais dos jogos durante a trama.
Talvez tivesse gostado mais se entendesse do esporte.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Os Normais - O Filme

gênero: Comédia
duração: 89 min
ano de lançamento: 2003
direção: José Alvarenga Jr.
roteiro: Alexandre Machado, Fernanda Young, Jorge Furtado

As vésperas do casamento, cada um do seu, Vani e Rui se conhecem. O casamento de um precede o do outro e Vani pede a Rui um pouco de arroz para comemorar seu casamento, é aí que a confusão começa.

Uma série ótima levada as telonas. 
O roteiro mantém o mesmo estilo, com piadas maliciosas e tiradas sensacionais.
Fernanda Torres e Luiz Fernando Guimarães também continuam com atuações em alto estilo dando aquela vi que só eles sabem a Vani e Ruim.
O problema é que também se mantém o mesmo estilo de filmagem, fotografia e direção de arte do seriado. Então, parece que você foi ao cinema ver um compilado de vários capítulos do seriado. Ainda bem que vi na TV.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: Filmow

terça-feira, 9 de abril de 2013

Os Fantasmas Se Divertem

título original: Beetle Juice
gênero: Comédia, Fantasia
duração: 92 min
ano de lançamento: 1988
estúdio: Geffen Company
direção: Tim Burton
roteiro: Michael McDowell, Larry Wilson, Warren Shaaren
fotografia: Mikhail Kaufman, Gleb Troyanski

Um casal, após morrer, se vê numa difícil tarefa: para ganharem suas asas, precisam ocupar como fantasmas, sua antiga casa. Mas um casal de novos-ricos compra a casa e eles falham na função de expulsá-los, por isso, chamam para ajudá-los BeetleJuice.
A história é morbidamente engraçada. Eu era muito criança quando vi pela primeira vez, e morria de medo. Não muito tempo depois, comecei a acompanhar o desenho e a perceber as sutilezas do filme, além dos efeitos especiais que hoje em dia podem ser considerados toscos.
Eu adoro esse filme e provavelmente é um dos culpados por eu ter me apaixonado pela obra, antiga, de Tim Burton.
Há nele várias cenas hilárias, mas a cena em que dançam Day-O em volta da mesa é a cereja do bolo! Será que inconscientemente é por isso que essa música é meu despertador? =P
Para quem não viu na infância pode soar um tanto bobo, mas com certeza quem teve essa experiência adora esse filme.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb