quinta-feira, 14 de março de 2013

As Horas

título original: The Hours
gênero: Drama
duração: 114 min 
ano de lançamento: 2002
estúdio: Paramount Pictures
direção: Stephen Daldry
roteiro: Michael Cunningham, David Hare
fotografia: Seamus McGarvey 
direção de arte: Maria Djurkovic

Três épocas diferentes, em cada um deles vive uma mulher. Década de 20, Virginia Woolf sofre de depressão enquanto escreve uma de suas obras. Década de 40, uma dona de casa, enquanto planeja uma festa para o marido, não consegue parar de ler o livro de Woolf. Dias atuais, uma editora de livros planeja uma festa para um escritor, que foi seu amante e está morrendo de Aids.
Quis assistir esse filme, a princípio, por ter erroneamente achado que era uma adaptação para a telona do livro "Mrs. Dalloway" da Virginia Woolf, do qual gostei muito quando li. Sim, tem elementos do livro e, lógico da autora e sua personalidade forte e auto-destrutiva.
Porém, não se trata só disso nem somente de mulheres e sua relação com a sociedade em períodos diferentes da história (apesar que esses temas também são trabalhados). É o sentimento humano sobre a vida, suas complicações e seus medos.
Apesar de termos Meryl Streep no elenco, maravilhosa como sempre, quem rouba a cena é Nicole Kidman, por incrível que pareça, com uma maquiagem que a deixa irreconhecível.
Dizem que o personagem do filho da década de 40 e do escritor dos dias atuais tem um quê do autor do livro no qual o filme foi baseado, não sei.
Por muito tempo esse foi meu filme favorito de drama, recomendo muito que assistam.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.