quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Veludo Azul

título original: Blue Velvet
gênero: Suspense 
duração: 120 min 
ano de lançamento: 1986 
estúdio: De Laurentiis Entertainment Group 
direção: David Lynch
roteiro: David Lynch
fotografia: Frederick Elmes 
direção de arte: Patricia Norris

Em uma cidade padrão americana, um rapaz encontra encontra - em um terreno vazio - uma orelha humana. Isso o leva a se envolver em uma investigação perigosa que tem relação com uma bela cantora.
Não é um filme para amar de cara, tão menos odiar. É aquele tipo de obra para digerir com calma.
Assim que acabei de ver achei um pouco cansativo e confuso, mas algumas horas depois compreendia o que tinha visto. Uma crítica ao sonho americano e suas famílias felizes, a transição entre a inocência e o submundo, a vida dita normal se chocando com as "doenças da sociedade"; é disso que estamos falando aqui e provavelmente muito mais. E a maneira como a direção conduz o filme e sua fotografia é feita só fortalece ainda mais o roteiro.
Controverso e chocante, algumas cenas podem parecer incomodas a uma grande maioria de telespectadores, mas vale a pena.
Destaco a cena do cafetão cantando Elvis, e o mocinho vendo aquilo enquanto é refém da gangue do traficante.
Dennis Hooper está magnífico no papel de um traficante sadomasoquista totalmente desequilibrado, prestem bastante atenção nele.
Meu primeiro contato com David Lynch foi em "Cidade dos Sonhos", posso dizer com certeza que não foi um bom primeiro encontro, mas com certeza já deu pra entender bem que esse não é um diretor comum.
Recomendo que vejam, mas em um momento que se sintam preparados.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário