sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Gilda


título original: Gilda
gênero: Drama 
duração: 110 min 
ano de lançamento: 1946 
estúdio: Columbia Pictures Corporation 
direção: Charles Vidor 
roteiro: E.A.Ellington, Jo Eisinger, Marion Parsonnet 
fotografia: Rudolph Maté

Johnny é contratado como gerente de uma casa noturna em Buenos Aires, que tem escondido um cassino. Lá ele encontra a mulher do seu amigo, que por acaso, é um antigo romance seu. 
Rita Hayworth no papel mais importante de sua carreira, e não por acaso, ela não é só a única personagem feminina de destaque na trama como a mais importante para que o roteiro se desenrole. 
Falar desse filme é falar da personagem principal, e Rita está esplendorosa nesse papel. Foi o primeiro filme em que a vi, e como me encantei! Que mulher linda! Essa pode ser chamada de Diva com todas as letras. Sua expressão corporal, seu andar, sua voz, tudo é de diva.
No todo, o roteiro mistura, rancores, intrigas e corrupção.
Não se esqueçam que esse filme inclui um dos stripteases mais famosos do cinema, e que menos peças de roupas caem.
Depois de assisti-lo, e isso é uma obrigação, você ficará cantarolando "Put the blame on mame" por um tempo. 

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.