domingo, 12 de agosto de 2012

Efeito Borboleta


título original: The Butterfly Effect

gênero: Suspense, Ficção Científica 

duração: 113 min 
ano de lançamento: 2004 
estúdio: BenderSpink 
direção: Eric Bress, J. Mackye Gruber 
roteiro: Eric Bress, J. Mackye Gruber 
fotografia: Matthew F. Leonetti 
direção de arte: Douglas Higgins

Evan é um jovem que teve brancos em sua infância e agora, na ase adulta, começa a relembrar os fatos. Ele o faz através de uma regressão diferenciada, onde ele retorna também em corpo ao passado. O problema é que ele tenta consertar os erros e cria outros maiores. 
O roteiro foi inovador na época, a maneira como a trama é levada faz com que você se prenda do começo ao fim e não veja o tempo passar. Cheio de reviravoltas, quando você acha que tudo foi resolvido alguma surpresa aparece. Um fórmula única, que não poderia ter continuidade ou cópia.
A personalidade das crianças é de arrepiar. Quanto monstrinhos! Mas daí se vê a criação e o ambiente e que não é só uma história impossível de acontecer, mas um roteiro que tem uma pegada psicológica muito forte, o que valoriza muito a história. As viagens do personagem principal são só uma maneira de representar esses caminhos da vida e a influência do ambiente em cada um.
Ashton Kutcher está na sua melhor forma, em um papel que pode ser lavado a sério.
Um entretenimento com mais qualidade do que um Tela Quente da vida. 

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.