segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Doutor Jivago

título original: Doctor Zhivago
gênero: Drama, Guerra 
duração: 197 min 
ano de lançamento: 1965 
estúdio: MGM 
direção: David Lean 
roteiro: Boria Pasternak, Robert Bolt 
fotografia: Freddie Young 
direção de arte: John Box

A visão de antes, durante e depois da Revolução Russa por Yuri Jivago, médico e poeta. Ainda criança ele fica órfão e vai morar com a família da amiga de sua mãe, já adulto se casa com sua irmã de criação, mas durante seu trabalho na guerra se envolve com Lara, que foi abusada quando jovem por um político sem escrúpulos e é casada com um dos revolucionários.
Muita gente diz que a Revolução Bolchevique é apenas pano de fundo para o romance, eu acho o contrário. Para mim, os elementos da guerra são muito mais fortes do que a relação entre Lara e Yuri. Talvez, diria que ambos se complementam, não é nem mais para um lado nem para o outro. Para o romance se desenvolver da maneira que acontece só poderia contar com os elementos da guerra, e esses mesmos elementos - sem o romance junto - ficariam com a falta de algo mais.
O comunismo é mostrado além da utopia, o roteiro mostra como a causa ideológica ajudou uma parcela da população, mas ao mesmo tempo acabou trazendo desgraças e pobreza, a todos.
Trilha sonora marcante! Omar Sharif está perfeito, Alec Guiness apesar de não aparecer tanto é uma figura forte e marcante. (deixa eu falar baixinho: mas peguei um pouco de birra do papel da Julie Christie e fiquei com pena da personagem de Geraldine Chaplin)
Agora, a fotografia. Ahh, a fotografia desse filme! Eu não tenho palavras para descrever! Não há uma única cena em que os olhos não se encantem com composições e luzes perfeitas. Arrisco dizer que é a fotografia mais linda que já, se não está entre as mais lindas.
São 3 horas e pouco de filme, nem um pouco cansativas, perfeitas em cada minuto.
Ouvi dizer que foi gravado no verão da Espanha e toda a neve foi feita com sal grosso. Algumas pessoas se decepcionaram com isso, para mim só valoriza mais ainda!
David Lean, você é o cara para filmes com temática de guerra!
Detalhe a parte: faltando menos de 10 minutos a luz acabou, depois de uns 15 minutos voltou. Mas nem isso me atrapalhou a ficar apaixonada por essa obra-prima, com certeza já é um dos meus favoritos!

CLASSIFICAÇÃO: MARAVILHOSO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.