segunda-feira, 16 de julho de 2012

Precisamos Falar Sobre o Kevin


título original: We Need To Talk About Kevin
gênero: Drama, Suspense 
duração: 112 min 
ano de lançamento: 2011 
estúdio: BBC Films 
direção: Lynne Ramsay 
roteiro: Lynne Ramsay, Rory Kinnear, Lionel Shriver 
fotografia: Seamus McGarvey 
direção de arte: Judy Becker

Eva mora sozinha e vive sofrendo agressões físicas e morais por onde passa. A culpa disso está em seu passado quando morava com seu marido e seus dois filhos e não tinha um bom relacionamento com seu primogênito Kevin, mas ela não imaginava o que ele seria capaz de fazer na época.
Definitivamente eu tenho que fazer duas coisas: parar de ler sinopses e de ouvir os comentários empolgados de amigos sobre os filmes. Esses dois fazem que eu crie expectativa demais e/ou descubra muito fácil o temperinho misterioso do filme.
Foi isso o que aconteceu nesse caso. É uma baita de uma história que trabalha muito o lado psicológico dos personagens, mas eu logo no começo já tinha sacado toda a história e isso fez com que perdesse um pouco a graça.
A fotografia te guia dentro do roteiro, com tons vermelhos em várias cenas e em outras contendo objetos dessa cor ele te orienta até o grande final.
Terminei o filme com ódio do Kevin, ódio de tudo que ele tinha gerado e exatamente por isso que percebi todo o valor desse filme, assistam sem ler sinopses que contam demais.
[SPOILER] Para mim todo o roteiro trabalha em cima da seguinte premissa: um psicopata nasce assim ou é gerado ambiente e a sociedade em que é criado? [SPOILER] 

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.