terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Blade Runner, O Caçador de Andróides


título original: Blade Runner
gênero: Ficção Científica
duração: 117 min
ano de lançamento: 1982
estúdio: The Ladd Company, Warner Bros. Pictures
direção: Ridley Scott
roteiro: Hampton Fancher, David Webb Peoples
fotografia: Jordan Cronenweth
direção de arte: David L. Snyder

Em 2019 uma grande companhia está tendo problemas com os andróides que criou - tão fortes e inteligentes quanto humanos - que estão criando motins contra seus criadores. A partir disso um esquadrão da polícia passa a caçar esses replicantes para "removê-los" da sociedade.
Como os leitores mais assíduos já sabem, não sou muito fã do gênero sci-fi, mas esse daqui é um caso a parte. Posso até dizer que gostei viu.
O mais interessante aqui é, observando do ponto de vista de 2012, como era engraçado o modo como em 1982 as pessoas achavam que hoje em dia as coisas seriam absurdamente diferentes. Lógico que muita coisa mudou, mas não a ponto de termos carros voadores e humanóides.
Harrison Ford faz um Indiana Jones do futuro. Rutger Hauer é a cereja do bolo. Daryl Hannah, está ótima no papel de uma andróide, afinal antes mesmo de encher a cara de botox seu trabalho já era robotizado.
O mais bacana nesse filme são as relações que fazem com a religião, com as questões da vida e pós-morte.
Os efeitos especiais são muito bem casados com o ambiente soturno. Só achei as lutas um pouco forçadas, mas talvez assim sejam para mostrar o quanto os andróides eram fortes.
Aluguei o box que vinha com 3 DVDs. Sem perceber, assisti a versão do diretor - que foi lançado em 1992. Com um final que deixa a atitude do personagem principal no ar, o roteiro ficou melhor trabalhado. Aí resolvi fuçar nos outros discos e descobri a versão que o estúdio obrigou o diretor laçar e que fez, na época, o filme ser um fracasso. Totalmente justificado, tentaram romantizar, colocando um final muito próximo do "felizes para sempre".
Para que ainda não viu, se puder assista a versão do diretor, essa sim justifica toda a aura de "sci-fi cult"que ele leva.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.