terça-feira, 29 de novembro de 2011

De Repente é Amor


título original: A Lot Like Love
gênero: Comédia Romântica
duração: 107 min 
ano de lançamento: 2005
estúdio: Touchstone Pictures
direção: Nigel Cole
roteiro: Colin Patrick Lynch
fotografia: 
John de Borman
direção de arte: Denise Hudson



Um rapaz, recém formado e muito sistemático conhece em um vôo uma moça espontânea e indisciplinada. Ambos se sentem atraídos um pelo outro, mas por planos diferentes de vida eles passam anos se encontrando e desencontrando. 
Asthon Kutcher foi feito para papéis desse tipo, ou os papéis desse tipo foram feitos para o perfil dele. Pegue todos as comédias românticas dele, não fazem todas o estilo galã-bonzinho-engraçado? Por exemplo "Sexo Sem Compromisso" ou "A Família da Noiva". Isso não é uma crítica, acredito que ele caiba bem nesse tipo de papel.
Amanda Peet conheci no seriado Jack&Jill, alguém mais assistia? E desde então sempre a vejo em papéis carismáticos e divertidos, segue um padrãozinho também.
Os dois juntos tem química e levam bem a história juntos. Nada que surpreenda, o roteiro não tem mistérios e é bem previsível, mas entretém e é bonitinho pra quem procura produções do gênero. O casal principal é carismático, os personagens são possíveis de existir: pessoas que fazem graças bobas, riem dos seus tombos e defeitos, mas tem certas qualidades. Tudo bem que não é todo mundo que tem a beleza dos dois.
Não sei porquê mas gosto desse filme, a única coisa que me irrita são aquelas cenas babacas de gente correndo no aeroporto, tentando parar o avião para se declarar para o outro quando - nos 45 do segundo tempo - percebe que o ama e está em risco de perder a tal pessoa. 
Com certeza 90% das mulheres irão gostar desse filme.

CLASSIFICAÇAO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.