quinta-feira, 19 de maio de 2011

Meninos Não Choram

título original:Boys Don't Cry
gênero:Drama
duração:1 hr 54 min
ano de lançamento: 1999
estúdio: Killer Films / Independent Film Channel
distribuidora: Fox Searchlight Pictures
direção: Kimberly Peirce
roteiro: Kimberly Peirce e Andy Bienan
produção: John Hart, Eva Kolodner, Jeff Sharp e Christine Vachon
música: Nathan Larson
fotografia: Jim Denault
figurino: Victoria Farrell
edição: Tracy Granger e Lee Percy


Uma menina vive com uma identidade masculina em uma cidade rural dos EUA. Ela começa a namorar uma menina e a ter amigos com essa personalidade, o problema é quando descobrem sua verdadeira identidade sexual e uma monda de violência toma a cidadezinha.
Se você não tem uma base emocional muito boa, não assista esse filme. Ele é extremamente pesado, toca em assuntos ainda muito delicados na nossa sociedade e choca. Não foi feito para agradar a todos muito menos para entreter.
Sinceramente, achei ele tão pesado emocionalmente que não consegui acabar de assistir, parei no meio. Mas ainda tenho a intenção de assistir novamente, talvez em alguma hora que eu esteja mais tranquila.
Independente disso, o pouco que vi serviu para constatar uma coisa: Hilary Swank é uma das melhores atrizes da nossa geração. E você não precisa de muito pra comprovar isso, assista a esse filme e a "Menina de Ouro" que já terá certeza do que estou falando.
Ela está perfeita como transsexual, não só pela caracterização, mas nos gestos, intonação de voz, em tudo.
Recomendo que assista, para quebrar os tabus que tem em mente, para se emocionar e para tirar um pouco sua vida do marasmo.


CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO


Poster e Ficha Técnica: IMDb


Um comentário:

  1. Filme fantástico, e sim extremamente pesado emocionalmente falando, e o final é bem mais chocante com certeza, claro que não vou falar aqui, prefiro esse do que Menina de Ouro inclusive, mas como você disse Hilary Swank tremenda atriz e nesse filme ela já mostrava a que veio com certeza.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.