terça-feira, 29 de março de 2011

Interiores

título original:Interiors
gênero:Drama
duração:1 hr 33 min
ano de lançamento: 1978
estúdio: Rollins-Joffe Productions
distribuidora: United Artists (EUA)
direção: Woody Allen
roteiro: Woody Allen
produção: Charles H. Joffe
fotografia: Gordon Willis
figurino: Joel Schumacher
edição: Ralph Rosenblum

Em uma família burguesa "perfeita" tudo desmorona quando o pai resolve abandonar a esposa para se casar com outra mulher.
O primeiro filme sério de Allen. Sinceramente não gostei, sabia que era lento e assisti preparada, mesmo assim não consegui engolir.
Talvez seja a clara referência a Bergman que mais me fez desgostar; acho que a trilha sonora é um dos pontos chaves para demonstrar emoções e conduzir a história, a falta dela na filmografia de Bergman e nesse filme, para mim, faz com que a história fique enfadonha e sem graça.
Sem dúvida alguma a intenção de mostrar a crise familiar, e como cada um lida com ela, foi muito bem sucedida. O problema pra mim foi a maneira como foi conduzida, maçante ao extremo.
Os poucos momentos em que a trilha surge você já espera que aconteça algo ruim, afinal está saindo do padrão de todo o resto do filme.
De verdade acho que gostei mais de uma das poucas cenas em que surge música [SPOILER/] quando a mãe se mata no mar e a filha quase vai junto, não sei se porque foi um momento em que finalmente aconteceu algo a mais na história que deu o tempero que faltava ou porque percebi que finalmente estava acabando [\SPOILER].
Para os fãs de Bergman esse filme com certeza será um prato cheio, eu particularmente não gosto, muito parado pra minha alma hiperativa, mas tem seu valor, só não recomendo para o público em geral.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.