terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Batman Eternamente

ítulo original:Batman Forever
gênero:Aventura
duração:2 hr 2 min
ano de lançamento: 1995
estúdio: Warner Bros. /Polygram Filmed Entertainment
distribuidora: Warner Bros.
direção: Joel Schumacher
roteiro: Lee Batchler, Janet Scott Batchler e Akiva Goldsman, baseado em estória de Lee Batchler e Janet Scott Batchler
produção: Tim Burton e Peter MacGregor-Scott
música: Elliott Gondenthal
fotografia: Stephen Goldblatt
direção de arte: Christopher Burian-Mohr e Joseph P. Lucky
figurino: Ingrid Ferrin e Bob Ringwood
edição: Dennis Virkler
efeitos especiais:Cinovation Studios / Composite Image Systems / Effects Associate Ltd. / Illusion Arts, Inc. / Makeup & Effects Laboratories Inc. / MetroLight Studios / Pacific Data Images / Rhythm & Hues / The Post Group

A identidade de Batman está em jogo quando Duas-Caras e Charada resolvem desmascará-lo pra depois sumir com ele da face da Terra. O que eles não contavam era que Batman tivesse a ajuda de Robin, um rapaz que perdeu a família em um acidente provocado por Duas-Caras.
Esse filme continua no mesmo estilo de "Batman": se apoiando demais nos quadrinhos sem criar uma identidade separada. Os vilões são muito maus, sem explicação, sem justificativa, eles querem acabar com o mocinho e ponto. Por isso gosto tanto de "Batman Begins" e "Batman - O Cavaleiro das Trevas", pois neles o princípio de cada personagem é contado e detalhado, tudo faz mais sentido, não é somente jogado o gibi na telona.
Tommy Lee Jones e Jim Carrey incorporaram bem seus personagens, mas acho que nessa época o último ainda tinha aquela necessidade exagerada de ser caricato demais, o que, pra mim, limitou bastante a gama de personagens dele e a ascensão de sua carreira. O Charada estava muito bem elaborado, mas podia ser um pouco menos Ace Ventura
Não é ruim, mas não chega nem aos pés da última geração de filmes da saga.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário