quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Robin Hood

título original:Robin Hood
gênero:Aventura
duração:2 hr 28 min
ano de lançamento: 2010
estúdio: Universal Pictures | Imagine Entertainment | Relativity Media | Scott Free Productions
distribuidora: Universal Pictures (EUA) | United International Pictures - UIP
direção: Ridley Scott
roteiro: Brian Helgeland, baseado em história de Brian Helgeland, Ethan Reiff e Cyrus Voris
produção: Russell Crowe, Brian Grazer e Ridley Scott
música: Marc Streitenfeld
fotografia: John Mathieson
direção de arte: David Allday, Ray Chan e Karen Wakefield
figurino: Janty Yates
edição: Pietro Scalia
efeitos especiais:Centroid Motion Capture | Hammerhead Productions | Moving Picture Company | Lola Visual Effects | Plowman Craven & Associates

Após a morte do rei Ricardo Coração de Leão, o arqueiro Robin toma, com sua trupe, o lugar dos cavaleiros que levavam sua coroa de volta à Inglaterra, para poder retornar ao país. Isso o torna muito visado entre aqueles que mataram o rei, que buscam apagar testemunhas, e a família daquele que ele tomou o lugar por, coincidentemente, saberem sobre seu passado desconhecido.
Não é um remake mostrando os feitos altruístas de Robin Hood tirando dos ricos para dar aos pobres. O roteiro conta como que um simples arqueiro egoísta se tornou na figura conhecida por lutar contra o sistema que controlava e destruía seu povo.
A fotografia, a trilha sonora e os efeitos especiais são dignos de muito respeito. O elenco é de peso, e vemos aqui uma das várias parcerias entre Ridley Scott e Russel Crowe. Mas para mim nem tudo isso sustentou a história, o filme é muito longo e um pouco enrolado no seu desenvolvimento.
Acho que foi só uma prévia, uma abertura de algo que ainda virá. Foi o prefácio de um segundo filme onde acredito, que aí sim, será contada a parte da história de Robin Hood que todos conhecem e querem ver.

CLASSIFICAÇÃO: REGULAR

Poster e Ficha técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.