segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Machete

título original:Machete
gênero:Ação
duração:1 hr 45 min
ano de lançamento: 2010
estúdio: Twentieth Century Fox Film Corporation | Overnight Films
distribuidora: Twentieth Century Fox Film Corporation
direção: Robert Rodriguez, Ethan Maniquis
roteiro: Robert Rodriguez e Álvaro Rodríguez
produção: Robert Rodriguez, Quentin Tarantino, John Debney, Rick Schwartz, Aaron Kaufman, Iliana Nikolic e Elizabeth Avellan
música: John Debney
fotografia: Jimmy Lindsey
direção de arte: Christopher Stull
figurino: Christopher Stull
edição: Rebecca Rodriguez
efeitos especiais:Everett Byrom III (supervisor)

O ex-agente federal, conhecido como Machete, é escolhido para ser o assassino de um senador que prega o fim da imigração mexicana. Após o plano não dar certo ele passa a ser perseguido ao mesmo tempo que procura vingança por ter sido enganado, o que acaba levantando uma guerra entre os mexicanos e aqueles que são contra eles.
Antes de começar a ver esse filme pare, respire e não tente o levar a sério. Ele NÃO foi feito pra isso. Há sim uma certa crítica à discriminação e preconceito em relação aos imigrantes, ao sistema "perfeito" fajuto dos EUA e a corrupção. Mas isso é só pano de fundo.
O que interessa mais no filme são as cenas de sangue e tosqueras que acontecem todo o tempo. Não podia se esperar menos sendo um filme de Robert Rodriguez com um dedinho do Quentin Tarantino.
O personagem principal mal abre a boca, afinal a função dele ali é cortar, atirar e usar o intestino de alguém como corda pra pular de uma janela. (sim você leu bem)
Lindsay Lohan, nas suas poucas aparições representa a si própria: uma mimadinha drogada.
Recomendo que mulheres muito feministas e coisa do tipo não assistam a esse filme, talvez vocês se irritem um pouco pois o papel da mulher no roteiro é meramente sexual e apelativo - particularmente achei que todas as personagens femininas secundárias foram feitas só por atrizes pornôs.
Um roteiro de filme B com uma qualidade de produção megalomaníaca de Hollywood. Poderia ser melhor? É diversão na certa! Eu pelo menos passei mal de tanto dar risada.

CLASSIFICAÇÃO: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.