sábado, 20 de novembro de 2010

Ensaio Sobre a Cegueira

  • título original:Blindness
  • gênero:Drama
  • duração:02 hs 00 min
  • ano de lançamento:2008
  • estúdio:O2 Filmes / Rhombus Media / Bee Vine Pictures
  • distribuidora:20th Century Fox Brasil / Miramax Films
  • direção: Fernando Meirelles
  • roteiro:Don McKellar, baseado em livro de José Saramago
  • produção:Andrea Barata Ribeiro, Niv Fichman e Sonoko Sakai
  • música:Marco Antônio Guimarães
  • fotografia:César Charlone
  • direção de arte:Joshu de Cartier
  • figurino:Renée April
  • edição:Daniel Rezende
De um momento para o outro, uma epidemia de "cegueira branca" atinge uma cidade inteira. Aos poucos, quando vai se espalhando, as pessoas vão sendo colocadas em quarentena mas os serviços do Estado começam a falhar e eles, sem enxergar, tem de lutar por suas necessidades básicas. Em meio a esse caos está a mulher de um dos cegos que não foi afetada pela doença, fingindo estar contaminada para ficar junto ao marido ela tem de conviver em um espaço onde a humanidade não existe mais.
Não vou nem entrar no mérito do livro, pois como sempre quem leu só fala como a obra original é melhor do que a filmada- inclusive preciso ler esse urgente.
Essa obra-prima de Saramago é um soco no estômago, uma maneira muito interessante de analisar o caos em que a sociedade vive e como caminha para ficar cada vez pior.
Gostei muito da maneira como Meirelles passou para a fotografia do filme a maneira leitosa em que os cegos enxergavam, a iluminação em excesso deu um ar meio ilusório e sonhador à fotografia.
Outro ponto que me deixou encantada foi a forma como grandes metrópoles foram misturadas, sem causar estranhamento, e montando uma cidade de mentira que poderia muito bem existir. Ver o Minhocão e a Ponte Estaiada de São Paulo totalmente vazios e silenciosos foi de arrepiar.
A sujeira, a bagunça e a desorganização marcam todo o desenvolver do filme, e a cada minuto que passa só fica pior. Algumas cenas definitivamente não são para quem tem estômago fraco, e o mais incrível foi que me disseram que essas cenas no livro conseguem ser pior.
Como li no site Filmow e acho que é o melhor descrição final para esse filme- José Saramago + Fernando Meirelles = Perfeito.

CLASSIFICAÇÃO: MARAVILHOSO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.