sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Bye Bye Brasil

  • título original:Bye Bye Brasil
  • gênero:Comédia
  • duração:01 hs 45 min
  • ano de lançamento:1979
  • estúdio:Carnaval Unifilm / Gaumont / Aries Cinematográfica Argentina
  • distribuidora:Embrafilme
  • direção: Cacá Diegues
  • roteiro:Cacá Diegues e Leopoldo Serran
  • produção:Luiz Carlos Barreto e Lucy Barreto
  • música:Chico Buarque, Roberto Menescal e Dominguinhos
  • fotografia:Lauro Escorel
  • direção de arte:Anísio Medeiros
  • edição:Mair Tavares
Uma trupe de artistas ambulantes viajam o país todo levando suas apresentações a comunidades pobres, afastadas, e que ainda não televisão. A eles se juntam um casal no intuito de cruzar a Amazônia até chegar a Brasília.
Nessa época o cinema brasileira ainda estava só na teoria e a prática deixava muito a desejar. Época das porno-chanchadas, mesmo que a intenção concentual do filme fosse boa o todo estraga. Muita putaria e cenas de nu sem um propósito, só para chamar público.
Sem contar que, quem em sã consciência, que tenha a intenção de fazer um  bom filme, chama Fábio Junior para atuar? Ele podia até ser um rostinho bonito na época, mas passava longe de ser um ator.  O único que faz valer alguma coisa nesse filme é José Wilker que é um senhor ator e dá um show com seu personagem tão caricato.
Se não fosse tão apelativo, a temática da saída do interior brasileiro em busca do sonho de crescer na vida faria o filme ter mais valor.

CLASSIFICAÇÃO: PÉSSIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb


(quase um trailer a partir dos 0:33)

4 comentários:

  1. Pena e que voce nao seja capaz de ler para alem do obvio. Bye Bye Brasil e uma das melhores criticas de epoca dos anos 80: critica aos resultados da ditadura finalmente acabando, critica aos excessos da industrializacao, ao tratamento dos indios e dos negros no Brasil...e meu caro, as cenas de nu tem um proposito sim - o da liberdade, que faltou na nossa terra durante quase 20 anos. Quando nao souber o que dizer nao abra a boca!

    ResponderExcluir
  2. Pena q vc ñ tem tato suficiente para ver que comento os filmes aqui do ponto de vista de ENTRETENIMENTO e não no q está subjetivo na história.
    Vc pode ñ concordar com a minha opinião, respeito isso. Mas deveria respeitar a opinião dos outros. Ou se quer ser tão grosso pelo menos ser Homem ou Mulher suficiente de dar a cara pra bater e não comentar anônimo =D

    ResponderExcluir
  3. Assim como o anônimo eu acredito que as críticas do filmes foram bem feitas. Além da crítica à comunicação de massa, que ao alcançar o território todo nos anos 70, generalizou a cultural nacional. Depois da chegada das "espinhas de peixe", como é dito no filme, não havia mais espaço para a cultura regional. Fábio Jr. chama público, sua atuação é lamentável, mas o filme precisa vender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, é bom ver idéias contrárias dispostas a expor outro ponto de vista de maneira educada. :)

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.