segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Serpentes A Bordo

  • título original:Snakes on a Plane
  • gênero:Ficção
  • duração:01 hs 45 min
  • ano de lançamento:2006
  • estúdio:New Line Cinema / Patchwork Productions / Mutual Film Corporation / Hannah Rachel Production Services Ltd. / Nina Saxon Film Design
  • distribuidora:New Line Cinema
  • direção: David R. Ellis
  • roteiro:John Heffernan e Sebastian Gutierrez, baseado em estória de John Heffernan e David Dalessandro
  • produção:Craig Berenson, Don Granger e Gary Levinsohn
  • música:Trevor Rabin
  • fotografia:Adam Greenberg
  • direção de arte:John Alvarez
  • figurino:Karen L. Matthews
  • edição:Howard E. Smith
  • efeitos especiais:The Character Shop / Hybride Technologies / Spectrum Effects Inc.
Por ter presenciado um assassinato que envolvia a máfia, um adolescente é tido como uma das testemunhas chaves em um dos casos mais importantes do ano. Porém, a máfia não tem intenção de deixá-lo chegar ao tribunal, para isso contratam um renomado assassino que libera dentro do avião várias cobras super venenosas na intenção de acabar com o garoto.
Não é um filme para ser levado a sério, ele é trash e foi criado para ser assim - pelo menos é o que eu espero. O roteiro é descabido, as cenas absurdas, e você não pode esperar continuidade muito menos lógica nos acontecimentos.
Eu passei o filme inteiro em choque, na verdade ainda não acreditei muito que é possível um grupo de produtores e uma distribuidora aceitarem e acharem que vale a pena produzir algo desse tipo; muito menos um ator da grandeza de Samuel L. Jackson aceitar um papel numa história dessas (apesar de mandar muito bem como um agente arrogante e fodão). 
Não sou desse tipo de cinéfilo que acha que filme bom são aqueles de diretores como Fellini, Kubrick ou aqueles franceses que não sabem fazer um filme que não tenham um fundo filosófico sobre a co-existência humana; mas gênero B também não faz meu tipo apesar de conhecer várias pessoas que adoram.
Sinceramente a melhor cena do filme é quando sobem os créditos, apesar da garantia que se você não levar a sério dará umas boas risadas dos absurdos.

CLASSIFICAÇÃO: LIXO

Poster e Ficha Técnica: IMDb


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.