quinta-feira, 8 de julho de 2010

Príncipe da Pérsia - As Areias do Tempo

  • título original:Prince of Persia: The Sands of Time
  • gênero:Aventura
  • duração:01 hs 56 min
  • ano de lançamento:2010
  • estúdio:Walt Disney Pictures / Jerry Bruckheimer Films
  • distribuidora:Walt Disney Studios Motion Pictures / Buena Vista International
  • direção: Mike Newell
  • roteiro:Doug Miro e Carlo Bernard, baseado em história de Jordan Mechner e Boaz Yakin e em jogo de videogame criado por Jordan Mechner
  • produção:Jerry Bruckheimer
  • música:Harry Gregson-Williams
  • fotografia:John Seale
  • direção de arte:Maria-Teresa Barbasso, Robert Cowper, David Doran, Gary Freeman, Marc Homes, Jonathan McKinstry, Stuart Rose, Alessandro Santucci, Tino Schaedler, Mark Swain, Luca Tranchino, Marco Trentini e Su Whitaker
  • figurino:Penny Rose
  • edição:Mick Audsley e Martin Walsh
  • efeitos especiais:Double Negative / Cinesite / FB-FX / Lipsync Post / Moving Picture Company / Nvizible / Plowman Craven & Associates
 Idade Média na Pérsia, o príncipe, adotado, vê seu pai ser morto e a culpa do assassinato cair sobre as suas costas. Pouco antes ele e seus irmãos haviam invadido uma cidade, raptado a princesa, e com ele ficou uma adega incomum que atraía o interesse de muitas pessoas. A única opção que tem é fugir para ganhar tempo e tentar descobrir quem cometeu o crime, e junto levar a princesa, guardiã da adaga misteriosa.
Com certeza para aqueles que jogam Principe da Pérsia muita coisa deve ter sido esquecida, não está fiel e etc, como normalmente acontece quando um filme é reprodução de algum outro produto que fez sucesso. 
Eu o achei bem divertidinho, mas um passatempo com bastante cara de sessão da tarde - talvez por que todas as sessões eram dubladas - e a história não tinha lá muito mistério; ação, piadinhas prontas e uma paixão "improvável". 
Dá para ocupar o tempo e se divertir.

CLASSIFICAÇÃO: BOM

Poster e Ficha técnica: IMDb

2 comentários:

  1. Nao tem nada a ver com o jogo.
    No jogo o objetivo é simples como o Mario. Salve a Princesa. mas é um filme bacana. Sou suspeito, adoro filmes de época, espadas, pulos. etc etc.
    FIlme bom, nao da pra esperar muito da historia mesmo.. é um filme bem mais visual .. pq enredo etc.. previsivel é pouco rs..

    dei mais sorte que voce... vi legendado...

    ResponderExcluir
  2. Filme muito bom.
    Concordo que se fizerem baseado 100% no jogo não vende a idéia, portanto uma coisa é jogo outra é filme.
    Nota 10 o filme

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.