quarta-feira, 14 de abril de 2010

Chaplin

  • título original:Chaplin
  • gênero:Drama
  • duração:02 hs 24 min
  • ano de lançamento:1992
  • estúdio:TriStar Pictures / Carolco Pictures / Le Studio Canal+ / RCS Video
  • distribuidora:TriStar Pictures
  • direção: Richard Attenborough
  • roteiro:William Boyd, Bryan Forbes e William Goldman, baseado nos livros de David Robinson e Charles Chaplin
  • produção:Richard Attenborough e Mario Kassar
  • música:John Barry
  • fotografia:Sven Nykvist
  • direção de arte:Mark W. Mansbridge
  • figurino:Ellen Mirojnick e John Mollo
  • edição:Anne V. Coates
Um filme que conta a vida de um dos maiores gênios do Cinema Mundial, passando da juventude pobre a velhice, dos conturbados casos amorosos aos problemas políticos.
Chaplin sempre teve interesse por moças muito mais novas, de certa forma crianças ainda, e isso fazia dele na vida real algo totalmente oposto aos seus personagens tão inocentes e puros.
Outro fator importantíssimo narrado é quando, durante a 2ª Guerra Mundial, ele resolveu enfrentar e cutucar Hitler, o que fez com que fosse expulso dos EUA.
Como um filme sobre alguém como Chaplin poderia não ser magnífico? Não há adendos a fazer sobre; história muito bem narrada e Robert Downey Jr. dando um show no papel principal.

Classificação: ÓTIMO

Poster e Ficha técnica: IMDb

A Fogueira das Vaidades

  • título original:The Bonfire of the Vanities
  • gênero:Comédia
  • duração:02 hs 06 min
  • ano de lançamento:1990
  • estúdio:Warner Bros.
  • distribuidora:Warner Bros.
  • direção: Brian De Palma
  • roteiro:Michael Cristofer, baseado em livro de Tom Wolfe
  • produção:Brian De Palma
  • música:Dave Grusin
  • fotografia:Vilmos Zsigmond
  • direção de arte:Gregory Bolton e Peter Landsdown Smith
  • figurino:Ann Roth
  • edição:Bill Pankow e David Ray
 Um corretor da Wall Street tem sua vida transformada ao, enquanto está com sua amante, ir parar no Bronx e acabar atropelando um negro. Com essa informação em mãos um jornalista arruína a vida dele e começa sua ascensão.
A temática é claramente a ética, não somente dentro nos negócios ou mídias, mas na sociedade como um todo. Vi muitas pessoas chamando somente o personagem de Bruce Willis de canastrão, mas vejo todos os principais como tal, afinal quem ali não quer a fama e o dinheiro sem muito esforço?
Diversão garantida sem ter que queimar seus neurônios nem esquecer que eles existem.

Classificação: BOM

Poster e Ficha técnica: IMDb

Corpo Fechado

  • título original:Unbreakable
  • gênero:Suspense
  • duração:01 hs 46 min
  • ano de lançamento:2000
  • estúdio:Touchstone Pictures
  • distribuidora:Buena Vista Pictures / The Walt Disney Company
  • direção: M. Night Shyamalan
  • roteiro:M. Night Shyamalan
  • produção:Barry Mendel, Sam Mercer e M. Night Shyamalan
  • música:James Newton Howard
  • fotografia:Eduardo Serra
  • direção de arte:Steve Arnold
  • figurino:Joanna Johnston
  • edição:Dylan Tichenor
  • efeitos especiais:The Secret Lab
 Um trem descarrila e todos os passageiros morrem, menos David que sai do acidente sem nenhum arranhão. Sem entender o que aconteceu, passa a ter ajuda de Elijah para achar explicações, porém por um caminho totalmente inesperado. Elijah sofre de uma doença que o faz quebrar os ossos com muita facilidade, enquanto David parece sofrer do oposto.
O suspense vai se desenrolando através de uma linha tênue entre a vida real e as histórias em quadrinhos; apesar do ritmo lento, não fica para trás a sensação de que a qualquer momento algo surpreendente pode acontecer. O final, se você não estiver prestando muita atenção, pode ficar desentendido, mas é incrivelmente coerente e eloquente ao mesmo tempo.

Classificação: ÓTIMO

Poster e Ficha técnica: IMDb

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Simplesmente Feliz

  • título original:Happy-Go-Lucky
  • gênero:Drama
  • duração:01 hs 58 min
  • ano de lançamento:2008
  • estúdio:UK Film Council / Thin Man Films / Film4 / Summit Entertainment / Ingenious Film Partners
  • distribuidora:Imagem Filmes
  • direção: Mike Leigh
  • roteiro:Mike Leigh
  • produção:Simon Channing Williams
  • música:Gary Yershon
  • fotografia:Dick Pope
  • direção de arte:Patrick Rolfe e Denis Schnegg
  • figurino:Jacqueline Durran
  • edição:Jim Clark
Poppy é uma professora que vê tudo de forma sempre positiva, tirando do sério seu professor de direção - um homem muito ranzinza - e fazendo a alegria daqueles que lhe são mais próximos, mesmo sendo irresponsável na maioria das vezes.
Esse foi meu milésimo filme assistido, devia ter guardado número tão especial para algo que valesse mais a pena. Primeiro foi classificado como comédia no Cinemax, eu o vi como está classificaco aqui: Drama. O professor ranzinza é bem realista e possível de existir; mas a personagem principal é insuportavelmente feliz, muito irrritante, pois, mesmo que uma pessoa seja positiva em alguns momentos de sua existência vai se chatear, magoar, irritar, ter um comportamento de ser humano, mas essa não ela é feliz 100% do tempo, e por mais que a intenção do filme fosse exagerar nas características dos personagens, a Poppy não é possível nem em exagero, fica tão forçado que até parece que ela tem problemas mentais.
Talvez o filme quisesse mostrar como não se deve ficar irritado e magoado por tudo, mas com uma personagem TÃO irritante, é bem possível você simpatizar muito mais com o ranzinza do que com a Poppy.
Comentário a parte: quem puder me explicar por favor o faça - qual a relação entre ser feliz e ser cafona? Pois é outra carcterística forte dela (que inclusive passa quase o filme inteiro com uma mesma meia-calça).

Classificação: LIXO

Poster e ficha técnica: IMDb

Perfume - a História de um Assassino

  • título original:The Story of a Murderer
  • gênero:Suspense
  • duração:02 hs 27 min
  • ano de lançamento:2006
  • estúdio:VIP 4 Medienfonds / Davis-Films / Ikirus Films S.L. / Constantin Film Produktion GmbH / Nouvelle Éditions de Films / Castelao Producciones S.A.
  • distribuidora:DreamWorks SKG / Paramount Pictures / Paris Filmes
  • direção: Tom Tykwer
  • roteiro:Andrew Birkin, Tom Tykwer e Bernd Eichinger, baseado em livro de Patrick Süskind
  • produção:Bernd Eichinger
  • música:Reinhold Heil, Johnny Klimek e Tom Tykwer
  • fotografia:Frank Griebe
  • direção de arte:
  • figurino:Pierre-Yves Gayraud
  • edição:Alexander Berner
  • efeitos especiais:Universal Production Partners
Jean-Baptiste logo que nasce é abandonado pela mãe, levado a um orfanato e depois vendido para trabalhar em um curtume, todo esse período ele percebe que tem um dom - o olfato super aguçado, levando-o a sentir odores que ninguém mais sente. Quando maior vira ajudante de um perfumista e passa a aprender modos de se conservar os odores das coisas em essências, depois desse aprendizado ele vai atrás de fazer com que os odores qua mais lhe interessam virem perfumes como, por exemplo, o cheiro das mulheres.
Intrigante e muito bem elaborado, esse filme abusa dos macros e do zoom para tentar passar ao telespectador o que o personagem principal sente. A única coisa que me deixou intrigada foi o final, já faz uns dias que o assisti e ainda estou digerindo, é totalmente fora do que está sendo esperado durante todo o desenvolver da história, mas não por isso deixa de valer a pena. desculpem a piadinha infame mas a verdade é que, esse filme sim deveria chamar "Perfume de Mulher".

Classificação: ÓTIMO

Poster e ficha tecnica: IMDb

Um Sonho Possível

  • título original:The Blind Side
  • gênero:Drama
  • duração:02 hs 08 min
  • ano de lançamento:2009
  • estúdio:Alcon Entertainment / Zucker/Netter Productions
  • distribuidora:Warner Bros. Pictures
  • direção: John Lee Hancock
  • roteiro:John Lee Hancock, baseado em livro de Michael Lewis
  • produção:Broderick Johnson, Andrew A. Kosove e Gil Netter
  • música:Carter Burwell
  • fotografia:Alar Kivilo
  • direção de arte:Thomas Minton
  • figurino:Daniel Orlandi
  • edição:Mark Livolsi
  • efeitos especiais:Custom Films Effects / Digiscope / Furious FX
Big Mike vive mudando de "sofá em sofá", apesar de conseguir vaga em uma escola super conceituada; lá ele conhece uma mãe de família, classe A, que resolve deixá-lo passar uns dias em sua casa. A partir daí toda sua história e seu futuro mudam, e para muito melhor.
Não é mais um daqueles filminhos fantasiosos sobre o Sonho Americano, até poderia ser se não soubéssemos que a história é baseada em fatos reais, o que faz com que o roteiro tenha muito mais crédito do que poderia receber se fosse ficção.
Sandra Bullock mereceu muito o Oscar que recebeu, Quinton Aaron passa todo o começo do filme conseguindo se expressar intensamente sem quase falar uma palavra. Mas por favor destaque a Jae Head, o filho mais novo, super experto e expressivo que poderia muito bem ter concorrido a melhor ator coadjuvante.

Classificação: ÓTIMO

Poster e Ficha Técnica: IMDb

quarta-feira, 7 de abril de 2010

O Banheiro do Papa

  • título original:El Baño del Papa
  • gênero:Drama
  • duração:01 hs 37 min
  • ano de lançamento:2007
  • estúdio:O2 Filmes / Laroux Cine / Chaya Films
  • distribuidora:César Charlone e Enrique Fernández
  • roteiro:César Charlone e Enrique Fernández
  • produção:Elena Roux
  • música:Luciano Supervielle e Gabriel Casacuberta
  • fotografia:César Charlone
  • direção de arte:Ines Olmedo
  • figurino:Alejandra Rosasco
  • edição:Gustavo Giani
1998- o Papa visita a cidade de Melo na divisa do Uruguai com o Brasil. A população, muito pobre, em sua maioria sobrevive de trabalhos pequenos e contrabando; mas passam a ver nessa visita uma oportunidade de fazer uma renda extra. A maioria investe na produção de alimentos enquanto Bento resolve criar em sua casa um banheiro público.
Com uma fotografia linda e um roteiro muito bem estruturado não há como não se comover com a simplicidade, sofrimento, e mesmo assim grande força de vontade que esse povoado demonstra durante todo o filme.

Classificação: ÓTIMO

Poster e Ficha técnica: IMDb

O Justiceiro

  • título original:The Punisher
  • gênero:Aventura
  • duração:02 hs 04 min
  • ano de lançamento:2004
  • estúdio:Artisan Entertainment / Marvel Enterprises / Punisher Productions / Partnership Films / VIP 2+3 Medienfonds
  • distribuidora:Columbia TriStar
  • direção: Jonathan Hensleigh
  • roteiro:Michael France e Jonathan Hensleigh
  • produção:Avi Arad e Gale Anne Hurd
  • música:Carlo Siliotto
  • fotografia:Conrad W. Hall
  • direção de arte:John Dexter, John Hansen e Steve Saklad
  • figurino:Lisa Tomczeszyn
  • edição:Steven Kemper
Um funcionário da FBI, após matar o filho de um bandido, tem sua família dizimada e quase é morto; quando consegue voltar resolve fazer justiça com as próprias mãos.
Pelo que vi de comentários daqueles que seguiam o quadrinho, fugiu bastante da realidade da história nos papéis, porém mesmo assim as pessoas não desmeresseram o filme, e eu concordo. Muita ação com carnificina, para quem gosta do gênero é um prato cheio.
Gostaria de dar destaque para três cenas: a tortura com o maçarico (ri horrores), a luta com o loiro gigante usando camisa listrada branca e vermelha (é o unico momento em que o justiceiro demonstra medo e é muito engraçada também), e por fim quando os homens do Travolta torturam o rapaz cheio de piercings arrancando os brincos do seu rosto (poucas cenas me deram tanta aflição como essa).

Classificação: BOM

Poster e ficha técnica: IMDb

Todo o meu amor

  • Gênero: Drama
  • Nome Original:  All the Good Ones Are Married
  • Direção:  Terry Ingram
  • País:  EUA/Canadá
  • Ano: 2007
  • Duração:  88 min
 Mulher abriga em sua casa uma funcionária da empresa onde trabalha, ao mesmo tempo seu casamento não anda bem e eles resolvem se divorciar; porém ela descobre que ela em parte é culpada pelo motivo do divórcio.
Ruim, muito ruim. Daryl Hannah parece que não consegue mais interpretar de tanta plástica que tem no rosto; a história é infundada e o final ridículo. Fujam desse filme.

Classificação: LIXO

Poster e ficha técnica: Hagah

Segurança de Shopping

  • Título Original: Paul Blart: Mall Cop
  • Ano de Produção: 2008
  • Áudio Original: Inglês
  • Direção: Steve Carr
  • Duração: 90 minutos 
  •  
Esse filme trata sobre a vida de um segurança de shopping que sonha em se tornar policial, porém não consegue por ter hipoglicemia. Mas, após um atentado ao shopping onde trabalha por bandidos, consegue mostrar suas qualidades como protetor dos cidadãos.
Eu ando em uma fase de ver filmes ruins, mas esse consegue ser em um nível inclassificável, fiquei passiva assistindo, sem conseguir ter reação de tão idiota que é. Acho que isso justifica ter saído direto em DVD.
E a produtora de Adam Sandler, Happy Madison, é a responsável por essa pérola e outras desse gênero que vêm surgindo(ex.: O queridinho da vovó); peço encarecidamente que parem de jogar lixo no mundo.

Classificação: LIXO

Poster e ficha técnica: BlockBuster

sexta-feira, 2 de abril de 2010

O Ex-Namorado da Minha Mulher

  • título original:The Ex
  • gênero:Comédia
  • duração:01 hs 30 min
  • ano de lançamento:2007
  • estúdio:2929 Productions / This Is That Productions
  • distribuidora:The Weinstein Company / MGM / California Filmes
  • direção: Jesse Peretz
  • roteiro:David Guion e Michael Handelman
  • produção:Anthony Bregman, Marc Butan, Anne Carey e Ted Hope
  • música:Ed Shearmur
  • fotografia:Tom Richmond
  • direção de arte:James Donahue
  • figurino:John A. Dunn
  • edição:Tricia Cooke, Jeff McEvoy e John Michel
Casal, após marido perder o emprego, resolvem ir morar na cidade da esposa quando nasce sua filha, onde ele passa a trabalhar na agência de publicidade do sogro. Lá ele começa  conviver com um paraplégico, ex-namorado de sua esposa.
Elenco bom mas muito mal aproveitado em um roteiro meia-boca e sem propósito. Piadinhas fracas e final sem noção.

Classificação: PÉSSIMO

Poster e ficha técnica: IMDb

Profissão de Risco

  • título original:Blow
  • gênero:Drama
  • duração:02 hs 04 min
  • ano de lançamento:2001
  • estúdio:New Line Cinema / Apostle Pictures / Avery Pix / Spanky Pictures
  • direção: Ted Damme
  • roteiro:David McKenn e Nick Cassavetes, baseado em livro de Bruce Porter
  • produção:Ted Damme, Denis Leary e Joel Stillerman
  • música:Graeme Revell
  • fotografia:Ellen Kuras
  • direção de arte:David Ensley e Bernardo Trujillo
  • figurino:Mark Bridges
  • edição:Kevin Tent
  • efeitos especiais:MetroLight Studios
Garoto cresce vendo sempre sua mãe abandonando e criticando o pai por não ser um homem ganancioso e viver com um salário medíocre. Quando adulto resolve ganhar dinheiro fácil e passa a vender maconha para a classe média/alta da Califórnia. Passa-se um tempo ele vira correspondente de Pablo Escobar um dos traficantes mais importantes dos cartéis colombianos; sua namorada morre e ele se envolve com a mulher de outro traficante, com quem se casa e tem uma filha. 
O filme, além de contar a vida de George Jung um dos maiores importadores de cocaína dos EUA, mostra sua dificuldade em se tornar um homem limpo para cuidar de sua família, principalmente de sua filha, de maneira honesta. Elenco excepcional, roteiro incrível; filme para ver e rever várias vezes.

Classificação: ÓTIMO 

Poster e ficha técnica: IMDb

Os Donos da Noite

  • título original:We Own the Night
  • gênero:Policial
  • duração:01 hs 57 min
  • ano de lançamento:2007
  • estúdio:2929 Productions / Industry Entertainment
  • distribuidora:Columbia Pictures / Universal Pictures / California Filmes
  • direção: James Gray
  • roteiro:James Gray
  • produção:Marc Butan, Joaquin Phoenix, Mark Wahlberg e Nick Wechsler
  • música:Wojciech Kilar
  • fotografia:Joaquín Baca-Asay
  • direção de arte:James C. Feng
  • figurino:Michael Clancy
  • edição:John Axelrad
  • efeitos especiais:Digital Domain / Custom Film Effects
Bobby é gerente da boate El Caribe, da qual o dono é um gângster. Seu pai e irmão são policiais e estão investigando seu chefe. Bobby tenta com que não haja envolvimento entre sua família e seu trabalho, mas não é por aí que as coisas caminham.
A base principal da história e o ótimo elenco poderiam render um dos melhores filmes policiais atuais, porém a história segue um rumo que se perde e torna o roteiro fraco. Poderia ser muito melhor do que acaba sendo.

Classificação: RUIM 

Poster e ficha técnica: IMDb

A Intérprete

  • título original:The Interpreter
  • gênero:Suspense
  • duração:02 hs 08 min
  • ano de lançamento:2005
  • estúdio:Studio Canal / Working Title / Misher Films
  • distribuidora:Universal Pictures / UIP
  • direção: Sydney Pollack
  • roteiro:Charles Randolph, Scott Frank e Steven Zaillian, baseado em estória de Martin Stellman e Brian Ward
  • produção:Tim Bevan, Eric Fellner e Kevin Misher
  • música:James Newton Howard
  • fotografia:Darius Khondji
  • direção de arte:Steven Graham, W. Steven Graham, Zack Grobler, Tom Warren e Dan Yarhi
  • figurino:Sarah Edwards
  • edição:William Steinkamp
Uma Intérprete da ONU ouve por acaso uma ameaça a um dos chefes de estado africano, como essa foi feita em um dialeto pouco conhecido não existem muitas pessoas que poderiam identifica-lo. Sua vida a partir desse momento se transforma, ela começa a receber ameaças e passa a ter proteção através de um agente federal que não tem muita certeza sobre sua inocência nessa história.
Esse é um daqueles filmes que você começa pensando uma coisa, muda de opinião, volta para opinião do começo,  depois chega a um ponto que não sabe mais o que pode ser. Vale bastante o tempo gasto, suspense do começo ao fim.

Classificação: ÓTIMO

Poster e ficha técnica: IMDb

Os Infiltrados

  • título original:The Departed
  • gênero:Drama
  • duração:02 hs 29 min
  • ano de lançamento:2006
  • estúdio:Warner Bros. Pictures / Vertigo Entertainment / Plan B Entertainment / Media Asia Films Ltd. / Initial Entertainment Group
  • distribuidora:Warner Bros.
  • direção: Martin Scorsese
  • roteiro:William Monahan, baseado em roteiro de Siu Fai Mak e Felix Chong
  • produção:Jennifer Aniston, Brad Grey, Graham King, Brad Pitt e Martin Scorsese
  • música:Howard Shore
  • fotografia:Michael Ballhaus
  • direção de arte:Teresa Carriker-Thayer e Nicholas Lundy
  • figurino:Sandy Powell
  • edição:Thelma Schoonmaker
  • efeitos especiais:Lola Visual Effects
 Collin Sullivan sempre teve Frank Costello como um tio querido, mesmo ele sendo da máfia. Para ajudar esse ente querido ele entra para polícia no intuito de repassar as informações para a máfia. O que eles não esperavam é que a polícia tivesse a mesma idéia; Billy Costigan, um jovem policial, se infiltra na máfia de Costello para ser informante da polícia. Ambos os lados percebem que há algum espião e apartir desse fato a história toma um rumo eletrizante.
Não há como não ficar pilhado durante todo o desenvolver da história, com uma trama muito bem amarrada o telespectador não consegue desgrudar os olhos da tela por um segundo sequer. Não há uma crítica possível a se fazer sobre esse filme.

Classificação: MARAVILHOSO

Poster e ficha técnica: IMDb

O Queridinho da Vovó

  • título original:Grandma's Boy
  • gênero:Comédia
  • duração:01 hs 34 min
  • ano de lançamento:2006
  • estúdio:Happy Madison Productions / Level 1 Entertainment / Wilshire 1
  • distribuidora:20th Century Fox Film Corporation
  • direção: Nicholaus Goossen
  • roteiro:Barry Wernick, Allen Covert e Nick Swardson
  • produção:Allen Covert, Jack Giarraputo e Adam Sandler
  • música:Waddy Wachtel
  • fotografia:Mark Irwin
  • direção de arte:Alan Au e Jeffrey Mossa
  • figurino:Maya Lieberman
  • edição:Tom Costain
 Um homem de 35 anos, que trabalha como testador de video-games de dia e tenta criar seu próprio a noite, é expulso de seu apartamento após seu colega gastar o dinheiro do aluguel com prostitutas. Sem ter opções, acaba indo morar junto com sua avó e mais duas amigas dela.
O  filme passa dentro do mundo dos nerds, mas daquele gênero que parece mais bobo do que super inteligente; quase todo o tempo eles passam fumando maconha e falando besteiras baixas. É só mais um besteirol americano, fraco, sem graça, enfim, perda de tempo.

Classificação: LIXO

Poster e ficha técnica: IMDb